Gazeta de Beirute
O PORTAL SEMANAL DE NOTÍCIAS DO LÍBANO E ORIENTE MÉDIO NOTICIAS DO LIBANO, NOTÍCIAS DO LIBANO EM PORTUGUES- Brasileiros no Libano

Visualizações de página

Clima Beirute

Fusos Horários

Sao Paulo
Beirute

Turismo

Cunha e seus encantos
Na paisagem estão parques, rios, cachoeiras e trilhas históricas emolduradas pela mata Atlântica...

Mundo

Conheça o melhor país do mundo árabe para as mulheres(Comores)
Comores, um país que consiste de um grupo de ilhas vulcânicas no canal de Moçambique...

Redes Sociais

Mudanças no cenário: Hezbollah e militantes da oposição, se enfrentam em Qalamoun.




Nesta última terça-feira (12), ao lado do exército sírio, militantes do grupo libanês, Hezbollah, enfrentaram militantes do Al-Nusra (filial síria da Al Qaeda), e outros grupos da oposição síria. Vários combatentes morreram, em uma das regiões estratégicas mais disputadas na Síria, Qalamoun.

O grupo xiita conseguiu retomar 50% da cidade de Ras Al Maara, local estratégico entre os dois países.

Segundo o Observatório sírio, esta batalha teria custado muitas vidas, inclusive a de soldados do Hezbollah. Do lado oposto, muitos militantes da Fronte Al Nusra, morreram, entre eles, o comandante do grupo na região, Abu al-Shweikh.

Na semana passada, Hassan Nasrallah, líder do Hezbollah, afirmou que quando fosse atacar as áreas tomadas pelos opositores, não iria emitir nenhum comunicado.

“Quando for lançada uma operação em Qalamoun, será óbvio, todos vão saber”, disse Nasrallah.

Nesta quarta-feira (13), os confrontos continuam, e cinco posições de controle da oposição, foram tomadas pelo Hezbollah. 

Gazeta de Beirute

loading...
Mais informações | comments

Exército libanês, prende militantes do ISIS


Nesta quarta-feira, pela manhâ, o exército libanês, prendeu dois homens ligados a um comandante do ISIS.

Os detidos foram identificados como Imad Faris, sírio, e o libanês Walid Ghazi.

Além dos militantes, alguns políticos libaneses estão sendo acusados de manter e ajudar o Estado Islâmico dentro do país.

Gazeta de Beirute

loading...
Mais informações | comments

Pelos direitos das mulheres, libaneses protestam de salto alto

Foto-Mohammad Azakkir

Neste último domingo (26), mais de 200 homens marcharam de salto alto vermelho, na Marina Dbayeh, para mostrar empatia com as mulheres vítimas de abuso, uma iniciativa da Associação Kafa.

Os sapatos vermelhos, foram vendidos logo no início do evento, para que o lucro seja direcionado a projetos que defendem os direitos das mulheres.

Muitos ainda não sabem, mas há quase um ano, a legislação monumental para criminalizar a violência doméstica foi aprovada, no entanto há ainda um longo caminho para que esta lei seja implementada.

Gazeta de Beirute

loading...
Mais informações | comments

Israel abre licitação para casas de colonos em Jerusalém Oriental (al-Quds)



By AFP

Israel iniciou nesta segunda-feira (27) um novo processo de licitação para a construção de 77 casas de colonos em Jerusalém Oriental, a parte palestina da cidade anexada e ocupada pelo Estado hebreu, anunciou a organização israelense Paz Agora.

Este é o primeiro anúncio do tipo desde as eleições legislativas de 17 de março, que terminaram com a vitória do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, recordou a ONG.

O processo de licitação definirá a construção de 36 casas em Neve Yaakov e 41 em Pisgat Zeev, dois bairros de colonização ao norte de Jerusalém Oriental.

Durante a campanha, Netanyahu descartou a ideia de um Estado palestino e afirmou que pretendia seguir com a colonização, também em Jerusalém Oriental, onde os palestinos desejam instalar a capital de seu almejado futuro Estado.

As declarações de Netanyahu foram consideradas um desafio à comunidade internacional e aos Estados Unidos, seu principal aliado.

Segundo a organização Paz Agora, o anúncio desta segunda-feira "é talvez o indicador do que acontecerá" com o novo governo que Netanyahu está formando.

"Ao invés de mudar de rumo e mostrar que Israel está preparado para a paz, Netanyahu mantém a ideia que seguiu durante a campanha e tenta evitar a paz", afirma a organização.

A comunidade internacional considera ilegal a colonização, ou seja, a construção de casas para civis nos territórios ocupados ou anexados por Israel desde 1967.

By AFP


Gazeta de Beirute- Em novembro de 1967, o Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou a Resolução 242, que determinava a "retirada das forças israelenses dos territórios ocupados ". Israel não acatou a resolução.

loading...
Mais informações | comments

Cristãos e xiitas do Hezbollah lutam contra o Estado Islâmico



Ras Baalbek, é uma pequena cidade ao Norte do Vale do Bekaa, Líbano, com aproximadamente 2 mil habitantes, em sua maioria cristãos. Sua fronteira é com a Síria, seus “vizinhos” são membros do Estado Islâmico.

Por diversas vezes, militantes do ISIS, entraram no Líbano, atacando até mesmo postos do exército libanês. Alguns morreram, e muitos ficaram feridos.

A união faz a força, religião à parte, membros do Hezbollah, e cristãos, lado a lado, na batalha contra o extremista Estado Islâmico, que faz vítimas em todo o Oriente Médio.
Segundo especialistas, membros do ISIS seguem uma ramificação extremista da escola sunita, o salafismo, e todos aqueles que não concordam com seu pensamento, e filosofia, são inimigos, sejam eles cristãos ou muçulmanos.

Toni, um cristão que está combatendo junto ao Hezbollah, afirmou que apesar de sua religião pregar a paz, ele deve defender sua terra, e sua família.

“Não podemos ficar de braços cruzados, estamos juntos nesta batalha, e o Hezbollah é nosso aliado, pois nunca desrespeitaram a nossa fé, ou nos obrigaram a seguir outro caminho”, disse Toni.

Por outro lado, há muitas pessoas cansadas e com medo, como Mariam, mãe de 4 filhos, afirmou que vai sair da cidade, ou quem sabe do país.

Alessandria Masi, em seu artigo para o International Business Time, entrevistou, Rifat Nasrallah, o comandante da milícia cristã. 

"Temos duas opções: uma delas é lutar na frente de nossas casas e viver livremente ou talvez morrer, e a segunda é ir embora", disse Nasrallah. Mas, em seguida, acrescentou: "A segunda não é uma opção".

Rifat além de possuir símbolos da fé cristã, na parede de sua casa, possui a foto do líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah. Ambos, o líder cristão e o líder xiita, tem o mesmo sobrenome, e também a mesma causa.

Uma pesquisa recente, do Centro de Investigações de Beirute, revelou que dois terços dos cristãos, acreditam que o Hezbollah protege o país contra a ameaça de takfiris (grupos extremistas).

Desde que a guerra na Síria começou, membros do Hezbollah, lutam em território sírio, contra os rebeldes, entre eles o Estado Islâmico.


Gazeta de Beirute
Mais informações | comments

Ministro Sul-Africano teve visto negado para Palestina

Ministro de Educação Superior, Lâmina Nzimande

Israel negou o visto para o Ministro Sul-Africano de Educação Superior, Lâmina Nzimande. O Ministro planejava visitar os territórios palestinos ainda no final desse mês.

Nzimande disse que tentou entrar em contato, mas que não houve resposta da embaixada israelense.

Indignado, o Ministro, disse que  “Israel está buscando minimizar o número de pessoas que lá entram”. E ainda acrescentou: “...para poucos poderem ver as atrocidades cometidas contra o povo palestino”.

Em resposta, Lâmina Nzimande diz que vai conversas com todas as instituições de ensino superior em seu país para congelar seus contatos com as universidades israelenses.

Segundo fontes do Jornal israelense Haaretz, o Ministro não teria entrado porque não tem boas relações com Israel, e não fez questão de visitar Israel, mas apenas os territórios palestinos. 

Gazeta de Beirute
loading...
Mais informações | comments (1)

Israelense grita: “Morte aos árabes”, e esfaqueia vítima.

Vítima/Foto- Hassan Shaalan

Um homem judeu, foi preso, após atacar um trabalhador árabe em Herzliya, perto de Tel Aviv, nesta última segunda (20).

O criminoso, admite ter atacado a vítima, por motivos nacionalistas, e ainda acrescentou, que o problema “é ele ser árabe”.

Apesar dos ferimentos, o rapaz passa bem, e afirma acreditar em coexistência, entre judeus e árabes. 

Os árabes que residem atualmente em Israel, são descendentes dos palestinos que permaneceram em suas terras, quando foi criado o Estado de Israel. Constantemente denunciam abusos contra seu povo.

Gazeta de Beirute
loading...
Mais informações | comments

Dia da Independência ou da Catástrofe?


Nesta última quinta-feira (23), Israel comemorou o “Dia da Independência”, data que marca a fundação do Estado de Israel, e o que os árabes chamam de “Dia da Catástrofe”, onde mais de 700 mil palestinos, foram expulsos de suas casas e muitos mortos.

Diversos conflitos ocorreram por toda a região. Cerca de 40 colonos israelenses invadiram o santuário sagrado dos muçulmanos, “Al-Aqsa”, em provocação aos palestinos que estavam orando.

Uma mulher palestina chegou a ser agredida, antes da intervenção dos guardas da Mesquita.

A confusão se alastrou para fora do templo. No mesmo dia, militantes da faixa de Gaza dispararam um foguete em uma área aberta, não habitada em Israel.

Israel também fez dois ataques aéreos, que atingiu norte da cidade de Gaza, e que também não fez vítimas.

No mesmo dia, houve uma manifestação pacífica de árabes em Galiléia, pedindo que seu povo (os palestinos) ao redor do mundo, tenham o direito de voltar para casa.

Gazeta de Beirute
loading...
Mais informações | comments

Ex-sargento do exército libanês é preso, suspeito de terrorismo


Nesta última quinta-feira (23), o exército libanês, prendeu oito pessoas, incluindo membros de um grupo terrorista.

Um dos prisioneiros é um ex-sargento do exército libanês, que participava de ações criminosas, em seu próprio país.

Os oito prisioneiros, estão presos, e são suspeitos por agressão ao exército libanês, e realizações de operações terroristas.

O comunicado do exército, não revelou se os presos pertencem ao ISIS ou a Frente Nusra.

Gazeta de Beirute

Mais informações | comments

Retaliação do Hezbollah, como e quando?


Após o ataque aéreo israelense, que matou doze pessoas entre elas, seis combatentes do Hezbollah na parte síria das Colinas de Golã,  diversos estão sendo os rumores, sobre como e quando o grupo xiita Hezbollah, vai retaliar.

Em 2008, Imad Mughnieh, um dos principais comandantes do grupo, foi morto também na Síria, e essa vez, seu filho, Jihad Mughnieh, de 25 anos, foi um dos combatentes mortos em Golã.

Na época, a cerimônia fúnebre de Imad, parou o Líbano, onde milhares de pessoas, principalmente no Dahieh (subúrbio de Beirute), saíram as ruas, em homenagem a ele, e hoje a situação se repete, Jihad foi enterrado ao lado de seu pai.

Após a morte de Mughnieh (pai), o líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, afirmou que “o sangue derramado de Imad Mughnieh, será a razão do desaparecimento do estado sionista”.

Ele completou dizendo que “Imad Mughnieh deixou antes de partir, milhares de homens treinados, para a luta e martírio”.

Uma pesquisa realizada em 2009, mostrou que mais de 61% dos libaneses eram a favor de uma retaliação, contra Israel, e isso ainda não ocorreu de forma oficial. Atualmente,  muitos libaneses acreditam que a resposta virá, e será em “dose dupla”.

Mas especialistas, afirmam que é de se esperar um “silêncio momentâneo do grupo”, devido ao seu atual apoio militar, na Síria.

Gazeta de Beirute
Mais informações | comments

Foto Da Semana

Creative Commons License © Copyright 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all Subscribe via email Gazeta de Beirute