Cartoonistas árabes reagem assim ao caso do Charlie Hebdo

O cartoon publicado no site da Al-Jazeera

Os cartoonistas árabes começaram a reagir ao ataque à redação do Charlie Hebdo, com trabalhos satíricos em que questionam o significado da liberdade de expressão no Ocidente e disparam contra a alegada hipocrisia dos seus próprios líderes

Têm sido vários os cartoons a abordar o tema noss países árabes. Um exemplo disso mesmo foi um site noticioso de língua árabe que publicou um desenho onde aparece um europeu com uma víbora a sair da boca debaixo do título: "Anti-Muçulmanos". Na imagem adjacente, titulada "Antissemitismo", o mesmo homem aparece com a boca fechada por um cadeado com uma Estrela de David pendurada.

Outro cartoonista, Hisham al-Shamaly, publicou um desenho onde um camponês egípcio grita "Vergonha", referindo-se à manifestação de Paris da passada semana, onde o primeiro-ministro israelita, Binyamin Netanyahu, desfilou na primeira fila com outros líderes mundiais.

Para além do primeiro-ministro israelita, também o Presidente Palestiniano, Mahmoud Abbas, foi caracterizado a colocar uma coroa nos túmulos das vítimas do Charlie Hebdo enquanto ignora as vítimas da guerra em Gaza.

Por sua vez, a Al-Jazeera publicou um cartoon, de Ahmed Rahma, onde se mostra um comandante árabe a dirigir-se para Paris com uma tabuleta a dizer "Eu Sou Charlie", enquanto por detrás dele se encontram diversos fotógrafos e jornalistas presos numa jaula.


Fonte: http://visao.sapo.pt
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário