Brasil abre as portas a Ex – refugiados da Angola e Libéria


                                   Brasil abre as portas  a Ex – refugiados da Angola e Libéria



A central da Onu no Brasil informou no dia 09 de Novembro a liberação de residência permanente a ex  refugiados liberianos e angolanos.

A estimativa é de 2 mil ex refugiados de ambos os países citados .

A guerra civil de 1989 e 2003 na Libéria provocou a fuga de investimento na região aonde sua maioria vinha do Líbano e da Índia.

O diamante Liberiano contribuiu para causa das maiores guerras já formadas nesta pobre região.

A China colaborou com 558 tropas para missão de manutenção de paz na Libéria, muitos oriundos do comando militar de Beijing .

Em Angola o conflito armado dura mais de 40 anos causando o exílio de 600 mil angolanos.

As Nações Unidas deram congratulações ao Governo Brasileiro por esta iniciativa aos necessitados angolanos e Liberianos.

  No Brasil existem 4.600 refugiados reconhecidos, informações estas da agencia de noticias das nações unidas em território brasileiro.

O primeiro país fora da África a adotar as recomendações da ACNUR ( Escritório do Alto Comissariado da ONU para refugiados ) foi o Brasil , sendo exemplo aos países da America do sul .

A ACNUR informa que maioria dos ex-refugiados estão nos estados de São Paulo e Rio de janeiro, com muitos deles casados com moradores locais e filhos brasileiros.



Anthony Mohammad 
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário