CASA DA ONU NO BRASIL



                                                   CASA DA ONU NO BRASIL

                                                                              Foto: onu.org
Foi inaugurada em Brasilia, na ultima quarta-feira (14), a Casa das Nações Unidas no Brasil – Complexo Sérgio Vieira de Mello. A cerimônia, contou com a presença do Ministro das Relações Exteriores, Embaixador Antonio Patriota, e o Governador em exercício do Distrito Federal, Nelson Tadeu Filipelli, além de outras autoridades e parceiros convidados. Foi inaugurado o primeiro módulo do complexo, o prédio Zilda Arns, que abriga o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o Departamento de Segurança das Nações Unidas, o Programa de Voluntários da ONU e o Protocolo de Montreal. A próxima etapa do complexo prevê a construção de um segundo módulo para abrigar o Fundo de População das Nações Unidas, a Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS. A Casa da ONU no Brasil se junta a outros complexos semelhantes das Nações Unidas espalhados pelo mundo. O objetivo, estreitar os laços entre os programas da ONU e promover uma atuação unificada, reduzindo também os custos operacionais do Sistema.
Situado no Setor de Embaixadas Norte, a construção teve início em outubro/2001, com a cerimônia de lançamento da pedra fundamental em 8/12/2011. O terreno foi doado pelo Governo do Distrito Federal à ONU há várias décadas e tem 22.500 m2. Nesta primeira etapa, foram utilizados cerca de 3.100 m2 de área total de construção, dos quais 2.850 m2 pertencem ao prédio de escritórios. A Casa da ONU recebeu o nome de Complexo Sérgio Vieira de Mello, em homenagem ao brasileiro que, em 34 anos de trabalho nas Nações Unidas, chegou ao cargo de Alto Comissário de Direitos Humanos em 2002 e, em maio de 2003, foi nomeado Representante Especial do Secretário-Geral para o Iraque. O prédio do primeiro do Complexo recebeu o nome da médica pediatra e sanitarista brasileira Zilda Arns, três vezes indicada pelo Brasil ao Prêmio Nobel da Paz, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança e da Pastoral da Pessoa Idosa. 

Gazeta de Beirute
CLAUDINHA RAHME

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário