ONU NA CAMPANHA CONTRA DISCRIMINAÇÃO


                                                                            Foto: ONUBR

ONU NA CAMPANHA CONTRA DISCRIMINAÇÃO

No último dia 29, antes do Dia Mundial da AIDS, comemorado mundialmente em 1 de dezembro, a ONU lançou uma campanha intitulada “Chegar a Zero no Trabalho”, que visa promover os direitos das pessoas portadoras de HIV a combater a discriminação nos locais de trabalho. 
A iniciativa tem como objetivo promover as recomendações da Organização Internacional do Trabalho sobre HIV e AIDS, como a promoção dos direitos humanos no trabalho, a segurança laboral, e o melhor acesso a prevenção e tratamento do vírus dentro do ambiente de trabalho, além de diminuir a discriminação. 
Segundo a OIT mais de 30 milhões de pessoas vivendo com HIV que estão em idade de trabalhar, ainda enfrentam um alto nível de discriminação. Jovens em idade produtiva representam 40% das novas infecções mundiais por AIDS a cada ano. 
O objetivo da campanha é reduzir a nível zero a discriminação, segundo o brasileiro Luiz Loures, Diretor do Escritório Executivo do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS.
Em 2011, 1,7 milhão de pessoas morreram de AIDS e 2,5 milhões foram infectadas, um número ainda grande. 
No entanto, o número de infecções foi inferior em 700 mil em relação há 10 anos e 600 mil pessoas deixaram de morrer em relação a 2005. Grande parte desse progresso está relacionada com o acesso mundial aos medicamentos antirretrovirais. 
Margaret Chan, Diretora-Geral da Organização Mundial da Saúde, ressaltou a importância dos profissionais de saúde na resposta ao HIV, e disse que o primeiro passo para o bom tratamento do vírus é assegurar que médicos tenham acesso às ferramentas de combate efetivas..

CLAUDINHA RAHME
GazetadeBeirute
02/12/2012

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário