FOGUETES CONTRA ISRAEL NO LIBANO

Foto: Naharnet-
 O Comando do Exército anunciou na última segunda-feira (19), que foram descobertos dois foguetes Grad 107 milímetros, criados para serem disparados contra Israel, entre as cidades de Halta e Al Mari, no distrito de Hasbaya, sul do Líbano. Um especialista militar foi chamado ao local e desativou-os, e será instaurada uma investigação sobre o assunto.
A situação ao longo da Linha Azul com Israel se mantém estável, apesar do ocorrido, que gerou um alerta de Israel para o Líbano sobre os foguetes encontrados. As tropas da UNIFIL vêm trabalhando na área, com base na Resolução1701 do Conselho de Segurança, em colaboração com o Exército libanês, com quem há um compromisso de evitar qualquer confronto, ou uma guerra, de ambos os lados.
A Resolução 1701 foi criada para acabar com a guerra com Israel em 2006, e levou uma tropa de soldados bem potencializada a ser integrada à UNIFIL. Há atualmente 11.583 soldados, de 37 países diferentes, posicionados no sul do Líbano. 
Nos últimos anos, apenas confrontos esporádicos ocorreram entre as tropas da UNIFIL e habitantes locais. No ano passado, três bombas direcionadas ao contingente da UNIFIL explodiram: um em Tiro e dois em Sidon, ferindo 10 soldados franceses, e cinco italianos. O contingente francês na UNIFIL, que é atualmente o maior depois da Indonésia, está trabalhando em uma variedade de projetos sociais na área. Inclusive em desenvolvimento, programas educacionais e ambientais, e oferecendo aulas de língua francesa.
O Coronel Eric Peltier, que lidera o Comando francês da Força de Reserva no Líbano, afirma que não há tensões na região, e que eles continuam a trabalhar com o Exército libanês no esforço de evitar qualquer agressão na região, e afirma que as relações entre as forças da UNIFIL e os moradores são muito boas.
Diz ainda, que há uma amizade que os conecta com os moradores das cidades do sul e aldeias, porque eles entendem o papel que eles desempenham na proteção de estabilidade no sul do Líbano, e acrescenta que as relações históricas entre a França e Líbano estão contribuindo positivamente para esta amizade.

GazetadeBeirute
CLAUDINHA RAHME

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário