HACKERS ATACAM SITES ISRAELENSES

Foto: Valibnan-
Os hackers intitulados “Anonymous” atacaram novamente na última semana, e o alvo dessa vez foram diversos sites israelenses, em protesto aos atos de barbárie, que vêm assolando o povo Palestino. 
Várias instituições tiveram seus sites invadidos e derrubados, pelo Anonymous, incluindo o Ministério das Relações Exteriores, o site da Prefeitura de Tel Avivi, além do banco de dados do Ministério dos Negócios Estrangeiros, e do Banco de Jerusalém, bem como contas de email e senhas, também terem sido excluídos. 
O ataque começou na noite da última quinta-feira (15), com atos coordenados em vários sites, e na sexta-feira, ao usar a hashtag “#opisrael” no twitter, o grupo levou o crédito por derrubar os 600 sites israelenses.
O “Anonymous” afirmou ainda, que o que os impulsionaram a isso, foi uma ameaça do governo israelense de cortar a Internet, e outros meios de comunicação, dentro e fora de Gaza. 
Além do “Pacote ‘Anonymous’ de Cuidados em Gaza”, com dicas sobre como driblar a vigilância das forças de defesa, havia outras informações, como primeiros socorros e informações para os moradores de Gaza. No comunicado emitido pelo grupo eles disseram: “Nós somos Anonymous e ninguém desliga a Internet em nosso relógio. Para as forças de defesa e o governo de Israel daremos esta advertência, apenas uma vez. Não desligue a Internet para os territórios ocupados, cesse fogo e desista de seu terror sobre o povo inocente da Palestina, ou você vai conhecer a ira desenfreada do Anonymous”. 
Nicole do The New York Times diz: "Bloquear o ataque é quase impossível, por causa dos inúmeros sites na internet em que o Anonymous pode postar suas ferramentas de ataque."

GazetadeBeirute
CLAUDINHA RAHME

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário