Juíz solicita prisão para membros da família Al-moqdad


naharnet.com.

O Juíz do Tribunal Militar, Imad al-Zain solicitou o encaminhamento de 13 pessoas incluindo nove da família Al-Moqdad, para serem julgados por uma onda de raptos de cidadãos Turcos e Sírios no  Libano, em resposta ao sequestro de Hassan Al-Moqdad, em Alepo, Síria.

Os suspeitos podem ser condenados a prisão perpétua com trabalhos forçados internos.

Os 13 homens foram acusados de comprometer a situação civil, social e politica do país, posse de armas ilegais, e a formação de um grupo “terrorista”. 

Por outro lado muitos estavam à favor da familia Al-Moqdad, para haver uma troca com prisioneiros  libaneses sequestrados pelo Exército Livre da Síria em maio, enquanto outros condenaram essa atitude, e preferem esperar uma ação do Governo Libanês.

Em setembro Zein emitiu mandados de prisão contra suspeitos, incluindo o porta –voz do clã, Maher al-Moqdad. 

O exército já prendeu vários membros da familia Al-Moqdad, durante buscas nos subúrbios de Beirute. Desde esse dia o clã libertou os sequestrados.


Gazeta de Beirute
Chadia Kobeissi
08-11-2012


Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário