MIDIAS SOCIAIS MUDAM VISAO DA CAUSA PALESTINA?

No Facebook, milhões de pessoas postaram fotos dos conflitos entre Gaza e Israel. Cenas chocantes como crianças mortas, pedaços de corpos humanos, casas detonadas e vídeos que mostravam o terror que marcou uma guerra de oito dias.
Eram mensagens dos dois lados, como ESTAMOS COM VOCÊ GAZA, ou PALESTINA LIVRE. Do outro lado, pró-israelenses, colocaram vídeos de pessoas gritando ou de incidentes menores. Até mesmo grupos foram criados e milhares de pessoas aderiram.
A guerra virtual chegou a influenciar a Mídia Internacional. Fotos e fatos em todas as línguas foram mostrados até mesmo por amadores que estavam em Gaza e em Israel. As pessoas acabaram sendo informantes da própria mídia e nada pode se esconder.
Antes da Internet, e principalmente do Facebook e do Twitter, a população mundial ficava limitada ajornais, cada qual com sua politica. Hoje o fato é fato e as pessoas estão podendo ver a realidade do Oriente Médio de uma forma mais chocante, porém real. 
Aqui no Líbano sempre se pode ver, através dos canais de televisão de perto os problemas do Oriente Médio, algo que era bem limitado inclusive por grandes redes de televisão do Brasil.
Agora durante dias e noites, os internautas trocaram fotos, os rabinos comentavam, os xeiques também, cristãos divididos. Mas foi a primeira vez que a mídia ficou muito mais imparcial.
Geralmente eram os árabes e muçulmanos que reclamavam da média, mas dessa vez até mesmo israelenses reclamaram.
Um artigo feito pela Folha de São Paulo que dizia que Israel ataca Gaza foi respondido pelos comentaristas pró-Israel como uma ofensa. 
O antissemitismo estásendo colocado em questão. Vários jornais não usaram a expressão grupo terrorista ao se referir ao Hamas. A Bolívia cortou relações diplomáticas com Israel, assim como a Venezuela. Países do mundo inteiro condenaram ataques dos dois lados, mas enfatizaram o uso da força “desproporcional” contra civis da Faixa de Gaza, exceto os Estados Unidos.
É muito importante destacar que até mesmo havia uma guerra virtual entre políticos palestinos e israelenses no Twitter.
Afinal, a opinião mundial sobre a questão Palestina-Israel está mudando por causa das mídias sociais? Fica a questão.

Gazeta de Beirute-
ChadiaKobeissi
Edição: Claudio Cavalcante Junior
24-22-2012

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário