Mieloma Múltiplo (part. Final)


Durante todo o mês de dezembro falamos sobre o Mieloma Múltiplo, seus sinais e sintomas, tratamento, tipos de tratamento disponíveis e como escolher entre eles. Hoje em nossa ultima parte, falaremos sobre quais perguntas devem ser feitas para o seu médico.
-ALGUMAS PERGUNTAS QUE VOCÊ DEVE FAZER:

Obtenha desde o início a descrição completa de todo o seu esquema de tratamento

-Quais os objetivos do tratamento?

-Qual o tratamento mais indicado para mim e por quê?

-Por quanto tempo será administrado?

-Com que frequência serão realizadas as consultas médicas? 

-Qual a necessidade de uma internação?

-Qual é o impacto na qualidade de vida (trabalho e lazer)? 

-Como me sentirei antes, durante e depois do tratamento?

-Há alguma alteração física ou na aparência?

-Por quanto tempo serei submetida ao tratamento?

-Quanto custará? O seguro saúde cobrirá os custos?

-Qual a probabilidade de atingir a remissão completa ou parcial?

-Por quanto tempo serei acompanhada após o tratamento?

-Quantos tempos às remissões podem durar? 

-No caso de recaída, quais seriam as opções novas de tratamento?

-Por quanto tempo as pessoas que receberam o tratamento sobreviveram? Para tratamentos mais novos, quantos do grupo inicial de pacientes ainda estão vivos?

-Quais os efeitos colaterais que têm sido observados em pacientes que recebem o tratamento? 

Quando e com que frequência eles ocorrem?

-Qual a gravidade dos efeitos colaterais? São dolorosos ou apresentam ameaça à vida? São permanentes?

Existem tratamentos para os efeitos colaterais? 

Descubra até que ponto o tratamento funcionou em outros pacientes, em situações semelhantes, a eficácia é geralmente avaliada de muitas formas diferentes e as perguntas devem ser feitas, os médicos tem a responsabilidade de repassar as informações ao paciente. Entretanto, os médicos tem que respeitar as exigências do paciente e da família, para saberem até onde podem chegar. Alguns pacientes são muito curiosos e querem discutir todos os aspectos da sua situação, tratamento e prognostico, outros ficam assustados e só querem saber o que fazer como próximo passo.
A tomada de decisões corretas sobre o tratamento do mieloma requer criatividade, questionamento cuidadoso, reflexão séria e coragem, mas acima de tudo, requer que o paciente e seu grupo de apoio se responsabilizem pelo processo.
Espero que tenham gostado e aproveitado todo o estudo. Até a próxima.

Partes 1  2  3  4

GazetadeBeirute
Por Yasmeen Chehayeb.

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário