Nada concreto sobre o atentado que matou Wissam al-Hassan.


Nada concreto sobre o atentado que matou Wissam al-Hassan.
                                                               backchannel.al-monitor.com

O Ministro do Interior, Marwan Charbel disse que não há novas pistas do assassinato do Chefe da Inteligência do Líbano, Wissam al-Hassan, porém, acrescentou que a investigação estava sendo conduzida com seriedade e rapidez.
 “Investigar grandes crimes, que são planejados durante meses ou até mesmo anos, são muito dificeis e complicados de desvendar”, disse o Ministro.
Wissam al-Hasan, que serviu como o chefe do Poder Interno de Informação das forças de Segurança, foi morto junto com outros dois em um carro-bomba em 19 de outubro.
Uma equipe do FBI que veio a Beirute para ajudar na investigação voltou para os EUA na segunda-feira para examinar as provas recolhidas da cena. O FBI deixou o Líbano com informações , dados dos corpos, e amostras do local da explosão.
“A equipe do FBI vai levar o tempo necessário para analisar os dados obtidos antes de enviar um relatório detalhado “, disse Charbel.
A equipe do FBI chegou ao Líbano depois que o primeiro-ministro Najib Mikati-aparente pro-Siria e Irã- pediu assistência técnica para a secretaria de estado americana Hillary Clinton.

Gazeta de Beirute 
30-10-2012


Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário