Criminalidade em ritmo acelerado


Uma onda de crimes generalizados, inclusive contra trabalhadores sírios em obras de construção, tem crescido absurdamente em vários lugares no Líbano, fazendo com que a polícia e as Forças de Segurança Interna trabalhem em ritmo acelerado, atendendo uma ocorrência atrás de outra, sem parar.

Na última semana, dois homens sírios foram alvejados e hospitalizados, enquanto outros quatro foram assaltados, em uma série de incidentes separados na região de Akkar e também no Vale do Bekaa. 

O sírio Mohammad Ahmad foi levado para o hospital de Zahle depois de ser baleado no rosto com um rifle de caça. Em Akkar, o sírio Majed al-Ali também foi baleado duas vezes com uma espingarda de caça, e seu estado é crítico. Em Zahle, um grupo de homens se passando por agentes de segurança assaltaram Ali Fahed e Khaled AL Ibrahim, roubando-lhes US$ 500. 

No Vale do Bekaa, um grupo de homens também se passando por autoridades, abordou e assaltou o sírio Othman al-Mohammad em uma estrada entre as aldeias de Karak e Terbol. Em Taalabaya, Musa Saadi sofreu um sequestro relâmpago numa Mercedes branca por três homens, que lhe roubaram LL 1milhão e seu celular, e o liberaram pouco tempo depois em Majdaloun, distrito de Baalbeck. 

Em Jezzine, quatro homens tentaram assaltar um grupo de pedreiros sírios residentes em uma construção na aldeia do sul de Majdaloun, desistindo do assalto, quando um dos sírios pegou um pedaço de pau para defender-se.
Trabalhadores sírios que estão trabalhando em construções na região de Sidon tem sido alvo de assaltos à mão armada, nos últimos dois meses. A polícia prendeu ainda dois homens que tentavam cruzar a fronteira com a Síria, por Masharih al-Qaa. 

Segundo as Forças de Segurança Interna um dos homens foi identificado como YA, e vinha de Arsal noBekaa, enquanto o outro, identificado como MR, era de Masharih al-Qaa. Ambos carregaram identidades libanesas falsas e uma identidade falsa de um Tenente da Síria, além de rifles de caça, munição e equipamento de rádio. 
Em Corniche al-Nahr, subúrbio de Beirute a polícia prendeu Elie H. por posse de heroína para uso pessoal. No mesmo local, mas em um incidente separado, Carlo A. e N. Ralph também foram detidos por posse de haxixe para uso pessoal. 

Ainda na região, em Ramlet al-Baida Ahmad G., Samer t., e Tareq Kh., também foram presos por posse de haxixe para uso pessoal. Em Ashrafieh Ahmad G., Hussein Hammoud e Kawthar S foram detidos por venda de haxixe. E enquanto isso, em  Ain al-Dilbeh, subúrbio sul de Beirute, um trabalhador bengalês identificado como Bilal Miah, se suicidou em seu quarto, enforcando-se.  

CLAUDINHA RAHME
Gazeta de Beirute
31-12-2012

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário