ISRAELENSES ESCAVAM NA FRONTEIRA COM O LÍBANO

 Foto: NNA
O Exército libanês e a ONU enviaram um contingente pacificador extra, à fronteira sul do Líbano na quarta-feira (28), depois que escavadeiras israelenses atravessaram a cerca técnica perto da Linha Azul, por uma distância de 100 metros, ao longo da região de Wazzani, segundo relatou as fontes de segurança.
A natureza da escavação foi supervisionada por especialistas militares, mas os motivos permaneceram desconhecidos. O Estado israelense deu inicio aos trabalhos, cujo objetivo era levantar uma parede até a cerca técnica existente na vila Kfar Kila, sul do Líbano, paralelo ao assentamento israelense de Metula. 
Foram vistos, dois tanques israelenses, posicionados de frente para o lado libanês da fronteira, um veículo blindado equipado com dispositivos de comunicação, três Hammers militares, e 15 soldados israelenses de prontidão, enquanto tratores estiveram trabalhando com as escavações ao longo de toda a fronteira.
De acordo com a Resolução 1701 do Conselho de Segurança da ONU, que estabelece que Israel e Líbano deva respeitar a fronteira, o incidente não foi considerado como uma violação de Segurança, embora o exército libanês e as Forças Unidas Interinas das Nações Unidas no Líbano tenham se posicionado ao longo de toda a fronteira da região de Wazzani, para evitar violações à Linha Azul.

CLAUDINHA RAHME
GazetadeBeirute
02/12/2012

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário