Renúncias no esporte, motivo-POLÍTICA



O presidente do conselho do clube de basquete “Sagesse” Ziad Abs e o financista Wadih al-Absi não vão mais financiar o clube e vão deixar essa tarefa para o partido politico “Forças Libanesas”, pois afirmaram que não aceitam qualquer tipo de política no esporte.

Na conferência de imprensa, al-Absi disse ter renunciado para preservar sua credibilidade com os fãs do time. Ao entrar no Sagesse, ele disse que manteria o clube bem longe da política.


Até mesmo houve um acordo entre ele e a comissão administrativa sobre sua posição em relação a isso.


“Mas depois eu fiquei surpreso ao ver que o chefe do comitê está comprometido com as Forças Libanesas”, afirmou Al-Absi.


"Eles querem que o clube se torne uma plataforma política para as próximas eleições",acrescentou.


Ele também elogiou oengenheiro Ziad Abs por ter cumprido as suas funções: "somos gratos por ele, ele sacrificou sua posição para salvar o clube."



O partido “Forças libanesas”é dirigido por cristãos e foi fundado no seu tempo como milícia convertendo-se posteriormente em um partido separado da Falange depois da Guerra Civil do Líbano.  É uma das maiores forças armadas do país.






O Sagesse, o clube fundado em 1943, é um dos melhores times de basquete do Líbano e já foi premiado nacionalmente e internacionalmente em campeonatos árabes e asiáticos.



Gazeta de Beirute

Edição: Claudio Cavalcante Junior
05-01-2013


Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário