Aniversário do Profeta Muhammad(s)

O primeiro-ministro libanês Najib Mikati emitiu na quarta-feira(16) um memorando sobre o encerramento das administrações públicas por ocasião do aniversário do Profeta Muhammad(s) no próximo 24 de janeiro.


Todos os edifícios e prédios do governo,  instituições e municípios públicos estarão fechados nesta quinta-feira, para marcar o aniversário do Profeta(s).

Assim como para os cristãos, e para os drusos, no Líbano os feriados religiosos são todos respeitados, com 18 religiões num país tão pequeno como o Líbano, feriados são muito frequentes e respeitados. 

Há muitas chances das familías libanesas emendarem o feriado, e viajarem para seus respectivos vilarejos. 

Para comemorar o nascimento do Profeta Muhammad(s), o Líbano está muito enfeitado. Nos bairros islâmicos, comemorações serão realizadas e as mesquitas estarão lotadas. 

Muhammad(s), não foi apenas um Profeta do Islam, mas ele foi o homem que mudou o percurso da história, com seus ensinamentos, e suas variadas qualidades, entre elas justiça e bondade, os árabes se uniram, e dominaram o mundo por sete séculos.

O livro do autor americano Michael H. Heart – as 100 personalidades que mais influenciaram o mundo- coloca Muhammad(s) como a primeira personalidade, pois o autor do livro afirma que esse foi o homem que mais teve sucesso na Terra, tanto na parte religiosa, como secular.

Saiba um pouco do que alguns sábios orientais e ocidentais falam de Muhammad(s):

Annie Besant proeminente socialista britânica, teosofista e ativista dos direitos das mulheres:

“É impossível para qualquer pessoa que estuda a vida ou a personalidade desse grande Profeta da Arábia, não sentir grande reverência por este grande mensageiro de Deus. Toda vez que eu leio e releio sobre ele, fico com uma nova sensação de admiração por este professor árabe”.

Mahatma Gandi, declaração publicada em “Young India” em 1924.

“Não há dúvida nenhuma de que o Profeta Muhammad foi um grande reformador que prestou um magnífico serviço à humanidade. É uma honra suficiente dizer que ele guiou toda uma nação à luz da verdade e fez com que ela se inclinasse em direção da estabilidade, da paz e da opção de um estilo de vida ascético. Ele proibiu o derramamento de sangue e o sacrifício de humanos. Ele lhes abriu as portas para a prosperidade e o civismo. Isso constitui um grande feito que só pode ser empreendido por uma poderosa personalidade. Um homem como esse é digno de respeito e honra.”

James Michener o famoso escritor americano em “Islam: A Religião Incompreendida”, disse:

“Eu tenho a religião de Muhammad na mais alta estima, por força da sua impressionante vitalidade. Ela me parece ser a única religião capaz de se ajustar às vicissitudes da vida e de ser apropriada a todas as épocas. Eu tenho estudado a vida deste homem fascinante e acredito que ele merece ser chamado de o salvador da raça humana.
Se alguma religião tiver a chance de governar a Inglaterra ou mesmo a Europa nos próximos séculos, ela poderia muito bem ser o Islam.
Eu creio que se um homem como ele fosse assumir a liderança do mundo moderno, ele conseguiria solucionar os seus problemas de um modo que lhe trouxesse a tão necessária paz e felicidade. Eu tenho profetizado acerca da religião de Muhammad, que ela se tornará aceitável na Europa de amanhã assim como ela já está começando a ser na Europa de hoje.”

George Bernard Shaw(dramaturgo, romancista, contista,ensaísta e jornalista irlandês. Co-fundador da Escola de Economia de Londres):

“A Europa tem percebido agora a sabedoria de Muhammad e desenvolvido uma paixão pela sua religião. Isso irá isentar também a doutrina islâmica de todas as falsas acusações inventadas pelos europeus da Idade Média. A religião de Muhammad será o sistema sobre o qual a paz e o contentamento serão obtidos. Através da sua Filosofia, a Europa derivará a solução para as suas dificuldades, perplexidades e seus problemas... Vários compatriotas meus, assim como outros europeus, veneram os ensinamentos do Islam. Com efeito, eu confirmo a minha profecia, dizendo que os primeiros indícios do Islam Europeu estão próximos e são inevitáveis.
Sim, o mundo hoje está urgentemente necessitado de um homem como Muhammad para solucionar os seus complexos problemas.”

T. W. Arnold(Inglês historiador) em “A Pregação do Islam”, Londres, 1913:

“Muhammad era simples e moderado no que concerne a sua residência, nos seus alimentos, nas suas vestimentas e no resto da sua vida. Sua comida consistia principalmente de pão, tâmaras e água.  Frequentemente, ele remendava as suas próprias roupas. O que pode ser mais digno do que isso? Aclamem Muhammad, que perseverou, que era ativo durante o dia e desperto durante a noite e persistente na disseminação da religião de Allah. Ele não era daqueles que cobiçavam as coisas que geralmente as pessoas cobiçam, tais como posição, império e poder. Ele é verdadeiramente o Profeta das virtudes sublimes.
Uma grande e silenciosa alma, um homem daqueles que não conseguem ser outra coisa senão sincero. A sua missão era a de iluminar o mundo, pois o Criador do mundo assim ordenou.”

De Lacy O’Leary(autor de muitos livros) em “O Islam na Encruzilhada”, Londres, 1923:

“Nunca um homem empreendeu uma tarefa tão acima do poder humano com recursos tão escassos, pois ele (Muhammad) não dispunha, nem na concepção e nem na execução de uma empresa tão grandiosa, de nenhum outro instrumento que a si mesmo e de nenhuma outra ajuda senão um punhado de homens vivendo numa região do deserto. E, finalmente, nunca um homem perpetrou uma revolução tão vasta e duradoura no mundo, pois em menos de dois séculos após a sua aparição, o Islam, reinou sobre toda a Arábia e conquistou, em nome de Deus, a Pérsia, a Índia Ocidental, a Abissínia, a Síria, o Egito, Espanha, todo o continente conhecido do Norte da África e etc.”
John Davenport em “Uma Apologia a Muhammad e ao Corão”:
“Chefe de Estado e também da Igreja, ele foi César e Papa em um só; mas ele foi Papa sem as vaidades do Papa, e César sem as legiões de César: sem um exército efetivo, sem um guarda-costas, sem um palácio e sem fonte de renda fixa.”

Conheça algumas das frases que Muhammad(s) falou:

“Quando um ser humano falece, acaba a sua jornada, exceto em três casos: 1- Uma caridade cujos benefícios não cessaram 2- Trabalhos no campo do saber, que produzam utilidades às pessoas. 3- Ter criado filhos bons, que rezem por ele constantemente.”

“Não entrareis no paraíso se não pela fé, e não tereis fé se não amardes uns aos outros.”

“Fazei o bem a teus vizinhos, e serás verdadeiro crente. Deseja para o teu semelhante o que deseja para ti mesmo, e serás autêntico muçulmano.”

“Um dos sinais do dia do Juízo final será quando vires os desamparados pastores de ovelhas competindo nas construções dos altos edifícios.''

“Recorda a Deus e Ele te guardará. Recorda a Deus, e O encontrarás sempre junto a ti. Se implorares por algo, implora à Deus. E se necessitares de ajuda, recorre à Deus. E tem certeza de que ainda que se reuna todo o povo para beneficiar-te em algo, não o farão, a não ser aquilo que Deus houver disposto para ti. E se eles se reunirem para prejudicar-te em algo, não o farão, a não ser aquilo que Deus houver determinado sobre ti.”

"Ir ao encontro de seu irmão com o rosto risonho é uma caridade.''

''O crente mais íntegro é aquele que demonstra melhor caráter e de melhor moralidade. E o melhor dentre vós é aquele que melhor trata a sua mulher, e o que é melhor para com a sua mulher.''

“O Paraíso está debaixo dos pés das mães.”

“Eu vos aconselho que observeis nove assuntos, cuja observância meu Deus aconselhou-me:

1º- Ser sincero, tanto no sigilo quanto no declarado;
2º- Ser justo, tanto quando satisfeito, como na insatisfação;
3º- Ser comedido, tanto na fartura quanto na pobreza;
4º- Perdoar quem  me injustiçou;
5º- Dar a quem me privou;
6º- Manter vínculos com quem rompeu comigo;
7º- Que meu silêncio seja: pensar;
8º- Que minha fala seja: citar o nome de Deus;
9º- Que o meu olhar seja: tirar lições.''

Conheça uma pequena situação que aconteceu com o Profeta Muhammad(s):

Um certa vez o Profeta(s), viu um homem com a mão no estômago e seu rosto parecia estar incomodado e então o Profeta perguntou:
-Voce tem alguma coisa, está com alguma dor? 
O homem respondeu que sim, que estava com dor de estômago pois havia comido muito. Adiante viu outro homem também com a mão no estômago e ao questioná-lo sobre sua dor, o homem se queixou de tanta fome que sentia.
Naquele momento o Profeta com sua grande sabedoria, chamou o primeiro homem, e o colocou de frente ao outro homem, e disse:
Este homem, está com dor porque nada comeu, e você está com dor porque muito comeu.
Se você dividisse seu alimento com ele, nenhum estaria com dor. Após isso o Profeta ajudou o necessitado como muitas vezes fazia.

O Profeta fazia muita caridade chegava a sofrer com muita dor de estômago pois aguentava a fome oferecendo o pouco que tinha para os necessitados, que para aliviar a dor, muitas vezes amarrava uma pedra no estomago, pois tudo que tinha, ele doava.

Infelizmente hoje, os líderes árabes carregam a bandeira do Islam, como se pudessem representar esta bela religião, muitos interpretam o Islam, de acordo com os costumes árabes pré-islâmicos. De certo que se todos seguissem o exemplo do Profeta os muçulmanos seriam muito civilizados e evoluídos, pois o conhecimento no Islam é um dever.
Certa vez disse o Profeta(s): “A tinta do sábio vale mais que o sangue do mártir.”

Outra vez afirmou: “Busquem o conhecimento do berço até o túmulo”.

Realmente entristece ver uma civilização que deveria ser tão promissora assombrada pelas tradições e a escuridão de interpretações fundamentalistas e extremistas, totalmente diferentes do pensamento, reflexão, análise, raciocínio, adaptação e evolução tão recomendados e utilizados pelo exemplo do Islam, o Profeta(s).

No mundo árabe os costumes falaram mais alto do que a própria religião, tanto que muitas coisas permitidas são consideradas proíbidas para agradar a nobreza árabe, que age de forma contrária dos ensinamentos puros do Islam, fazendo com os que são mais leigos sobre o assunto julguem o Islam, com o conhecimento parcial e superficial que possuem pelas atitudes de muitos muçulmanos que são vítimas e culpados de manipulação de líderes que se dizem serem os grandes sábios do Islam.

Mas a atual crise violenta no mundo islâmico é a prova de que muitos líderes muçulmanos estão longe de entender realmente o Islamismo, de que a super ilusão do mundo atual distrai os muçulmanos de seus deveres, de que a religião está sendo mal entendida pelos seus seguidores, e como em todas as religiões e governos há pessoas que só pensam no poder.
Por isso há também uma famosa frase:

“Ainda bem que conheci o Islam, antes dos muçulmanos”. Disse Cat Stevens-hoje Yusuf Islam.

 No entanto a culpa não é apenas dos muçulmanos mas também da influência de países dominadores, conflitos externos, guerras, e generalisação da mídia  ocidental que também interferem muitas vezes negativamente na comunidade Islâmica.

Mas nem tudo está perdido, apesar de muitos árabes terem adotado um sistema  “islâmico arabilizado”, outros procuram se afastar de líderes mais fundamentalistas, e no geral os árabes são apenas 18%da população muçulmana do mudo, os convertidos que são a maioria entre os muçulmanos, buscam e praticam o Islam de uma forma muito menos cultural e mais espiritual.

"Ó povo! Seu Deus é um e seu pai (Adão) é um. Um árabe não é melhor que um não-árabe e um não-árabe não é melhor que um árabe, exceto em piedade e boas ações". Profeta Muhammad(S)

Nós da Gazeta de Beirute, parabenizamos a todos por este grande dia, e pedimos a todos os muçulmanos que reflitam nas verdadeiras liçoes do Profeta que a paz esteja com ele, sua purificada linhagem, e seus companheiros. E para as pessoas que não são muçulmanas que não percam a oportunidade de conhecer um pouco mais do grande servo e Profeta Muhammad(s).

Veja algumas fotos da comemoração do aniversário do Profeta nos anos passados em diversas partes do mundo.


http://www.asiantrails.travel/news/resource/1352/static/newsjan11/malay11.jpeg


http://static4.demotix.com/sites/default/files/imagecache/a_scale_large/500-2/photos/1297781445-malaysia-celebrates-the-prophet-muhammads-birthday_591422.jpg


Foto - Mahmoud Zayat/AFP/Getty Images- http://outernationalist.net/wp-content/uploads/2011/02/sufis-lebanon-getty.jpg



Brasil-Foz do Iguaçú- http://islamfoz.com.br/wp-content/uploads/2012/02/62.jpg


http://www.arabianbusiness.com/incoming/article381309.ece/ALTERNATES/gallerySize/109101786.jpg


Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comments:

  1. Parabens pela materia, sensacional!Realmente muitas pessoas ainda nao conhecem a historia desse admiravel homem.
    Tudo que ele fez, so pode ter sido com a ajuda de Deus, um milagre unificar a arabia, e deixa-los dominar o mundo tanto tempo, parabens a todos os muculmanos

    ResponderExcluir