Líder Xiita, alerta contra destruição de áreas culturais na Síria


Foto-Anadolu Agency-
O líder xiita Sayyed Ali Fadlallah,  recriminou o bombardeio que teve como alvo a Universidade de Aleppo na última quarta-feira(14), relatou a Agência Nacional de Notícias.

"O massacre da Universidade de Aleppo contra as pessoas e estudantes é um crime grave, e é parte da destruição da comunidade síria, incluindo todas as suas instituições culturais, científicas e educacionais", disse Fadlallah.

“Uma das armadilhas de guerra mais antigas são ataques contra o intelecto, atingindo centros culturais, bibliotecas, instituições ciêntifícas e todos os lugares que são de certa forma ligados ao conhecimento, para que a escuridão permaneça sobre as sombras da ignorância”, disse ao Gazeta de Beirute, o professor de história, Imad Bitar.

"Pedimos ao povo sírio que estão testemunhando esta tragédia não se render diante desse novo tipo de agressão." Acrescentou Fadlallah.

Fadlallah também pediu para os políticos sírios para "enfrentar o desafio e lançar um diálogo para impedir aqueles que estão buscando a destruição da Síria, de seu povo e seu Exército”.

Ele acrescentou que Israel foi o maior benfeitor da guerra na Síria e pediu apoio humanitário global para a crise.

Em seus sermões na mesquita Al-Hassanain, o líder muçulmano além do sermão religioso,  sempre relembra a situação da Síria, e sempre enfatiza o diálogo como uma solução viável.


Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário