O ESPORTE NO ORIENTE MÉDIO



Por Prof. Rafael A. S. Silva*

Como todo o resto do mundo, o Oriente Médio é apaixonado por esportes em geral, principalmente os coletivos, sendo que os que mais se destacam são o futebol, basquete e críquete. 

Porem apesar da grande paixão, o Oriente Médio não consegue se destacar mundialmente em nenhum destes esportes, apesar de que já fez história muitos países do mesmo. 

O primeiro a estrear numa competição internacional foi a seleção do Kuwait na Copa do Mundo de Futebol de 1974, só que não conseguiu ir longe. 

Após tal fato, no futebol, o Oriente Médio só voltaria a cena em 1994, novamente na Copa do Mundo de Futebol, quando a Arábia Saudita se classificou para a mesma, depois ficou em segundo lugar de seu grupo batendo Marrocos e Bélgica e finalmente fez um país do Oriente Médio ganhar destaque no mundo do futebol e na mídia, apesar de que foi eliminada nas oitavas de final.

Toda essa história fez com que o futebol no Oriente Médio ganhasse um grande impulso. Clubes sauditas começavam a aparecer mais na mídia, como o Al-Hillal e Al-Itihad. 

Cada vez mais clubes eram abertos no mundo árabe, e houve um bom desenvolvimento do futebol no Oriente, fato que levou outro país a marcar história, o Iraque nas Olimpíadas de Atenas em 2004, quando a seleção do Iraque derrotou na competição as seleções de Portugal e Austrália. Isso levou a um grande “boom” no futebol do Oriente Médio, que se tornava cada vez mais paixão entre os países árabes.

Outro esporte que vem crescendo no gosto dos árabes é o críquete, apesar de que alguns países como Líbano, Síria e Jordânia não o pratiquem. Isso se deve ao fato da seleção dos Emirados Árabes ter se classificado para a Copa do Mundo de Críquete de 1996. 

Apesar de não vencer nenhuma partida na referente competição, isso fez com que o críquete caísse no gosto dos EAU e se tornou o segundo esporte mais praticado do país, para se ter uma ideia, hoje nos EAU há mais de 400 times de críquete. 

O gosto pelo esporte se espalhou pelo Oriente Médio através do EAU, e começaram a aparecer times e seleções em Omã, Arábia Saudita, Bahrein, Kuait e Qatar. 

Ainda se destaca no Oriente Médio a pratica do basquete por países como Irã e Qatar, que mantem jogadores na NBA dos Estados Unidos. 

O Rugby é bem difundido no Líbano, que também é o único país de todo Oriente Médio a manter uma seleção na categoria League do mesmo. 

E nos esportes individuais o destaque fica para o Tae-kwon-do, arte marcial coreana no qual Irã e Líbano mantem bons atletas que já levaram medalhas em Olimpíadas para seus respectivos países. 

Uma curiosidade interessante no mundo esportivo é o Líbano, que tenta manter seleções de vários esportes, muitos desconhecidos por vários outros países, como o Futebol Australiano, Futebol Gaélico, e Futebol Americano. Isso faz o Líbano ter orgulho de ser o único país do Oriente Médio a ter seleções destes esportes.

Ainda há muito para os esportes no Oriente Médio crescerem, por causa da descolonização tardia de muitos países do Oriente Médio impossibilitou em muitos dele que o esporte evoluísse de maneira como os países ocidentais, porem a cada ano que passa o esporte nos países árabes vão evoluindo e aparecendo cada vez mais na mídia, o que gera investimentos para o mesmo, e isso esperamos para os países do Oriente Médio, cada vez uma maior evolução dos referentes.

*O Prof. Rafael é formado em Educação Física (2008) e História (2011), e atualmente reside em São Paulo. 
Gazeta de Beirute 

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comments:

  1. صباح الخير، والفاي. لدينا رياضي dispoiVel دييغو يسوع نوربرتو دوس سانتوس كورينثيانز السابق والبرتغالية وغيرها.
    http://outu.be/09MGasQIJM

    ResponderExcluir