Protesto no Escritório da Turkish Airlines


Foto: Daily Star
Após uma semana do protesto feito na porta da Embaixada da Turquia em Beirut, e da ameaça de alvejar as tropas turcas da UNIFIL, os parentes dos nove reféns libaneses lacraram a porta do escritório da Turkish Airlines na última quarta-feira (2), com cera vermelha e um bilhete com suas assinaturas, que dizia: “Esta empresa turca foi fechada com cera vermelha, e assinada pelos parentes dos reféns”. 

Os familiares dos sequestrados exigem a participação do governo da Turquia na liberação dos peregrinos libaneses que foram capturados em 2011. Apenas dois, dos 11 reféns, foram libertados até agora entre Agosto e Setembro, após um apelo do Comitê de Sábios Muçulmanos. 

Sheikh Abbas Zogheib, delegado responsável pelo Conselho Superior Xiita que tem acompanhado o caso dos reféns libaneses, disse que essa foi uma atitude pacífica de manifestação dos familiares, que querem que suas vozes sejam ouvidas, e que não houve nenhum confronto contra funcionários da Companhia Aérea. 

O porta voz dos familiares dos libaneses sequestrados, Adham Zogheib, afirma que o governo turco tem capacidade de ajudar a resolver o caso e garantir a libertação dos nove prisioneiros restantes, e por isso eles estão pressionando o governo, mas disse que não farão nada que possam prejudicar o relacionamento do governo libanês com o governo turco, que todas as suas manifestações tem sido pacíficas. 

Zogheib disse ainda que o próximo passo é uma reunião na Praça dos Mártires pedindo à todos os libaneses, um boicote aos produtos turcos no Líbano, até que o governo da Turquia decida ajuda-los a libertar seus familiares.

O Ministro Marvwan Charbel, disse que as famílias tem o direito de protestar, que suas manifestações têm sido totalmente pacíficas, e não têm prejudicado os esforços do governo libanês de negociar a liberação dos reféns. Ele expressou ainda, a esperança de que o governo de Ancara compreenda a posição dos familiares libaneses no incansável esforço de recuperar seus entes, e decida ajudar nas negociações. 

CLAUDINHA RAHME
GazetadeBeirute

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário