Berinjela e seus benefícios


A berinjela é considerada um fruto de uma planta originária da Índia e cultivada na África. Provavelmente foi introduzida na Europa pelos Árabes e, posteriormente, veio para as Américas. É uma hortaliça anual, sendo que a época de seu plantio é de setembro a fevereiro e, em regiões de clima quente, é cultivada ao longo do ano. É considerada sensível ao frio, à geada e ao excesso de chuva na floração.

A berinjela contém poucas calorias – são 17 para cada 100 gramas, e é razoavelmente nutritiva. O alimento destaca-se mesmo, porém, por apresentar uma boa quantidade de água e fibras. Principalmente em conjunto, as duas são grandes aliadas para o bom funcionamento do intestino e a redução dos casos de prisão de ventre.

Outra vantagem oferecida pela berinjela, exatamente por causa da ótima porção de fibras, é que ela ajuda na perda de peso. Suas fibras levam duas ou três vezes mais tempo para serem digeridas, do que às presentes em outros alimentos. Isso prolonga a saciedade da pessoa, fazendo com que ela demore mais tempo para sentir fome de novo.

A substância saponina, por sua vez, tem um nome engraçado, é verdade, mas também colabora. Raramente encontrada em legumes e verduras, ela é, uma das razões que justifica a importância da berinjela no cardápio. Um dos principais benefícios da saponina é quebrar o excesso de moléculas de gordura do sangue, impedindo o organismo de absorvê-las.

Tipos

A berinjela pode ser clara, rajada ou escura, considerando também o seu comprimento e o seu diâmetro.

Desvendando alguns mitos

Nos últimos anos, o consumo de berinjela aparentemente aumentou devido às informações veiculadas sobre supostos benefícios que seu consumo ofereceria às pessoas. A idéia atual mais difundida é de que seu consumo regular ajudaria a diminuir os níveis de colesterol. Apesar de muitos acreditarem nesta informação, até o presente momento não existem estudos científicos realizados com humanos que comprovem, de maneira satisfatória, esta afirmação.

Um estudo realizado com o extrato seco da berinjela verificou uma pequena correlação entre a diminuição do colesterol e o consumo do extrato seco. Porém, a resposta clínica deste estudo não atingiu os valores estabelecidos pelos órgãos competentes.

Benefícios à saúde

Embora não haja comprovação, até o momento, de que a berinjela diminua o colesterol, esta hortaliça fornece muitos outros nutrientes benéficos à saúde.

Tira a gordura do corpo, a berinjela tem uma substância chamada saponina, que age como um detergente: quebra as moléculas de gordura presentes no sangue e impede o organismo de absorvê-la.

Combate a celulite, o fruto tem substâncias anti-inflamatórias que trabalham para reduzir a celulite, já que os furinhos nada mais são do que uma inflamação nas células, agravada pela ingestão de alimentos gordurosos.

Previne doenças, por ser cheia de compostos fenoicos, que são substâncias antioxidantes, a berinjela reduz os radicais livres que atacam as células. Dessa maneira, protege o organismo de doenças como o câncer.

Faz o intestino melhorar, as muitas fibras do fruto agem como um laxante natural, regulando o intestino e melhorando a digestão. Assim, o corpo todo fica mais saudável e a barriga a diminui.

Levando em consideração a composição nutricional de seu fruto, este pode ser considerado fonte de minerais e vitaminas. As análises laboratoriais mostram que, em 100g de berinjela crua, se encontram em quantidades consideráveis os seguintes minerais: magnésio, zinco, potássio, cálcio, ferro e fósforo. As principais vitaminas encontradas são as vitaminas A, B1, B2 e C. 

Além disso, ela destaca-se por apresentar uma grande quantidade de água, essencial para manter o corpo hidratado e favorecer as reações químicas nas células corporais; uma significativa porcentagem de fibras, que auxilia no bom funcionamento intestinal e formação do bolo fecal; além de ser considerada como um alimento que fornece poucas calorias, auxiliando no controle do peso.

Composição

A berinjela é composta por diversos nutrientes importantes para a manutenção da saúde. Seguem alguns nutrientes especiais encontrados em sua composição, bem como algumas das suas funções.

Magnésio: Atua nas reações enzimáticas e faz parte da constituição dos ossos e dentes;

Zinco: Atua no crescimento e desenvolvimento do sistema imunológico e está diretamente relacionado à reprodução;

Potássio: Atua na contração muscular, na síntese de glicogênio e no metabolismo protéico e de carboidratos;

Cálcio: Atua na formação dos ossos e dentes, na transmissão de impulsos nervosos e na contração muscular;

Vitamina B1: Exerce importante função no metabolismo dos carboidratos e das gorduras;

Vitamina B2: Atua em diversos processos metabólicos no organismo, bem como na transformação de gorduras, proteínas e carboidratos;

Vitamina C: Atua como antirradicais livres facilita a absorção do ferro e da glicose e age na fabricação dos neurotransmissores.

Além destes compostos, contêm fenóis que agem como antioxidantes. Estas substâncias possuem atividade anti-inflamatória para evitar que as plaquetas sanguíneas se aglomerem. Ainda, inibe a ação dos radicais livres no organismo para proteger as moléculas de DNA e prevenir processos carcinogênicos.


Por que a berinjela faz bem ?

Uma dieta ideal prevê a ingestão de 25 a 30 g de fibras diariamente. E a berinjela é ótima nesse sentido, pois possui altíssimo teor: uma unidade de 150 g tem cerca de 4 g só de fibras. Confira todas as vantagens dos dois tipos de fibra que fazem parte do alimento:

Fibras insolúveis

Presentes principalmente na berinjela crua, elas demoram mais para ser eliminadas do estômago, o que adia a sensação de fome. Resultado: você acaba comendo menos e, assim, ingere menos calorias.

Fibras solúveis

É o grande segredo da água de berinjela, já que se soltam do alimento enquanto ele fica de molho. A água, então, torna-se rica nessas fibras solúveis, que no organismo viram uma espécie de gel capaz de absorver gordura e eliminá-la.

Comercialização

A berinjela mais comercializada é a com casca arroxeada. A tonalidade de sua casca deve-se à presença de antocianinas, pro antocianinas e flavonoides. As duas primeiras substâncias inibem a produção de radicais livres e os flavonóides apresentam propriedades antioxidantes. Sendo assim, recomenda-se que esta seja consumida com as cascas.

Emagrecer com berinjela

São cada vez mais as pessoas a optarem por emagrecer graças ao suco da beringela. Trata-se de uma dieta com origem no Brasil.

Para que este método funcione, é preciso tomar a beringela logo pela manhã, em jejum, e repetir duas vezes ao longo do dia, uma ao almoço e outra ao jantar. O suco sem açúcar deve assim ser tomado três vezes ao dia, de 30 a 40 minutos antes de cada refeição.

A água de berinjela (receita milagrosa)

Corte meia berinjela em cubos. Deixe os pedaços de molho em 250 ml de água durante a noite. As fibras insolúveis se soltarão e tornarão o líquido poderoso. Logo na manhã seguinte, tome a bebida em jejum. E sem coar. Para variar a receita, bata meia berinjela com meia laranja e beba o suco durante o dia, à vontade.

Farinha de berinjela

Se você não gosta muito de berinjela, mas quer aproveitar suas qualidades nutricionais mesmo assim, uma dica é optar pela farinha, que em alguns casos faz diminuir a gordura abdominal e os riscos de doença cardíaca, quando integrada a  uma alimentação balanceada.

Antes de fazer a farinha, procure por uma berinjela com estrutura firme e casca bem brilhante. As berinjelas amolecidas, enrugadas e opacas já estão velhas e perderam parte de seus nutrientes.

Em uma fôrma, coloque 1 quilo de berinjela com casca e cortada em fatias. Em seguida, leve ao forno a uma temperatura de 200ºC por cerca de duas horas, ou até o legume ficar crocante e ressecado. Triture a berinjela desidratada no processador ou no liquidificador até virar pó. O produto deve ficar com aparência parecida com a da farinha de mandioca.

A farinha pode ser consumida na salada, adicionada às sopas, vitaminas e sucos ou até mesmo salpicada no macarrão junto com queijo ralado. Uma colher de sopa durante uma das refeições já o suficiente para atingir os níveis desejados dos nutrientes.

Como evitar gosto amargo

Para retirar o gosto amargo que a caracteriza, corte-a ao meio, esfregue com sal e escorra, ou deixe-a aberta coberta com água e sal, limão ou vinagre, durante 15 minutos. Escorra em seguida e seque com papel absorvente. Agora, com essas orientações, introduza esse alimento em seu cardápio semanal e aproveite ao máximo tudo que ele nos oferece.

LEA MANSOUR
Gazeta de Beirute


Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário