REFLEXÃO/COMPORTAMENTO


 "A vida que hoje vivo, diz onde está o meu passado, e como será o meu futuro." 

Minha filha disse essa semana que cuidaria de mim e de minha esposa, quando estivéssemos bem velhinhos, e ao ouvir isso, eu exclamei à minha esposa que pegasse o celular e gravasse o que ela estava falando. Este momento tão singelo de uma criança inocente fazendo uma promessa a seus pais me fez refletir como estamos rodeados de promessas. Pensamentos que não passam de meras palavras. Prometemos coisas que não conseguimos cumpri-las. Quando deixei o Brasil, muitos amigos disseram que escreveriam sempre, e naquele momento, eu acreditei, qualquer um acaba acreditando. Muitos que retornaram ao seu país, foram completamente esquecidos, não receberam cartas, telefonemas ou emails.

Uma das maiores hipocrisias é dizer que não se tem tempo para escrever um email. Não estou falando daqueles emails encaminhados para toda sua lista de contato, mas uma mensagem escrita direta, e exclusiva, para uma única pessoa. Sofremos de amnésia? Certa vez, por email, pedi para uma pessoa me enviar fotos dela e da família, e ela respondeu: “Tury (este é meu apelido), você tem Face? Entra lá, e dá uma olhada nos meus álbuns”. Amizade não é compartilhar coisas no Facebook, ou Twitter, pois não somos amigos de todos. Não quero prolongar no assunto redes sociais, mas essa porcaria está invertendo os valores. Antigamente (na época do papel, envelope, e selo), nós não enviávamos fotos para TODOS os nossos "amigos", não é? Por que será?

O que eu estou fazendo para que as pessoas que eu amo se lembrem de mim?

À medida que vamos envelhecendo, a carência aumenta. Observe que muitos possuem algum animal doméstico, devido à necessidade de uma companhia qualquer. Os filhos crescem, vivem suas próprias vidas, e acabam abandonando os pais, obrigando-os muitas vezes à adquirirem um cão, um gato ou uma tartaruga. Conheço uma japonesa, cuja nora não pode ter filhos, então o filho comprou um cão. Quando o filho ia visitá-la, ela tratava o cão como se fosse o próprio neto. Tudo para agradar o filho quando a visitava. Há uma música do U2, onde Bono Vox, é perfeito em sua colocação quando diz: "E o amor não é uma coisa fácil, é a única bagagem que você pode trazer. Amor não é uma coisa fácil, a única bagagem que você pode trazer, é tudo o que você não pode deixar para trás". 

Nesta vida, buscamos tantas coisas que no final, a única coisa que realmente valerá a pena, será o AMOR. Um pai não ama o filho porque ele estuda em Harvard, e nem deixa de amá-lo, porque ele é homossexual. Um pai simplesmente ama. E quando minha filha disse que cuidaria de mim e de minha esposa quando estiver velhinhos, automaticamente eu tentei imaginar como seria estarmos velhos, aos cuidados da minha filha. Não consegui imaginar... Talvez eu não consiga imaginar-me velho, com dificuldade para andar, enxergar e ouvir as pessoas no transito me xingando, as pessoas sem paciência comigo e etc. Hoje, eu desfruto de vigor físico (ok, nem tanto!) mas o amanhã... Ninguém sabe apenas Deus. Então, concluo que a maneira como estou vivendo hoje, define o meu futuro, quero viver intensamente com a minha família, como se não houvesse o amanhã. 

Mas confesso que existem alguns dias que estou completamente esgotado, e viver intensamente torna-se impossível. Então, eu aproveito cada pequeno e simples momento. Recentemente estávamos na casa do meu pai, e de repente ouvimos um estouro seguido de um som efervescente. Fui conferir o que era, e vi que a válvula do spray de creme de barbear estourou e o creme começou a vazar. Levei-o para a pia, e quando meu filho viu a espuma saindo, ele encheu a mão e passou no meu rosto. Depressa, enchi minha mão e passei nele também, que viu a irmã estava rindo, foi até ela, e passou espuma nela também. Imagine como ficou o chão da cozinha da casa do meu pai... Você acha que meu pai ficou furioso? Não, ele riu muito. Em outra noite, estávamos ouvindo Toby Mac, e começamos a dançar na sala. Eu não sei dançar, então imagine o que saiu... 

Tenho certeza que momentos como esse, ficarão gravados na memória dos meus filhos eternamente. O que eu comprei o que eu conquistei os elogios, as criticas, os medos, as derrotas, tudo isso ficará para trás. No dia da minha morte, tudo isso não valerá nada, e para a minha sepultura, eu quero carregar todos os felizes momentos que passei com pessoas que amo, principalmente com a minha família.

Conheço uma historia onde um pai com mais de oitenta anos estava internado na UTI. Os filhos estavam presentes na sala quando um deles disse: “Nosso pai já viveu de maneira intensa, fazendo a obra de Deus. Creio que é chegada a hora de o entregarmos para Deus”. Concordaram entre si e oraram. Naquele momento, a gloria de Deus encheu aquela sala, arrancando o pai daquela UTI, transportando-o para o descanso eterno. "That's what I'm talking about", como dizem os americanos.

No livro que eu mais amo, tem uma frase que diz: "Honra teu pai e tua mãe". Eu estou aprendendo o que é honrar. E uma das coisas que aprendi sobre "honra", é que honrar alguém, é devolver aquilo que já pertence à pessoa. Como humanos, devemos sempre manifestar duas essenciais palavras: honra e graça. Honra como já citei, é manifestar uma devolução. Graça é dar aquilo que a pessoa não merece.  Tudo nesta vida é um aprendizado, e como eu estou aprendendo honrar, hoje mantenho contato com todos que honram meus pais, e me mantenho distante daqueles que "não vão com a cara deles". A lógica é muito simples: amigos dos meus pais = meus amigos também. Já manifestei graça para com aqueles que não toleram meus pais, e a mim também. Confesso que é bem mais fácil, agir com honra do que com graça. Porque nós seres humanos, somos mal agradecidos.

 Independente se meus filhos me honrarão, ou não, eu quero ser o melhor pai deste mundo para eles. Marcar a vida deles com atitudes inapagáveis, pois eu tenho recordações dos meus pais, que eles não acreditam que estão gravadas em meu coração. Filhos criados numa atmosfera amigável, sadia, harmoniosa e amável, não se importam em ganhar presentes caros, mas sim em viver momentos valiosos. Nada neste mundo tão corrupto, compra um abraço, um beijo, ou um simples "eu te amo". Quero apenas plantar no coração dos meus filhos, a boa semente, crendo que a mesma dará bons frutos. 

Valorize a família, não desperdice seu tempo, semeie a boa semente, e aguarde o tempo da colheita!

Elber Rodrigo Sogumo 
- Um brasileiro há 18 anos no Japão -
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário