Apesar da Pneumonia Mandela Passa Bem


Foto: Agence France-Presse (AFP)

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela encontra-se bem e respira sem dificuldade, depois de receber tratamento médico por uma pneumonia, afirmou no ultimo sábado (30) a presidência sul-africana, no terceiro dia de hospitalização do herói da luta contra a apartheid. Mandela, de 94 anos, sofreu uma recaída de uma pneumonia, e foi submetido a uma drenagem para eliminar um acúmulo de líquido provocado por uma infecção pulmonar, conhecido como derrame pleural. Graças a esta drenagem, ele agora é capaz de respirar sem dificuldade, disse a presidência, que garante que Mandela continua respondendo ao tratamento e encontra-se bem.

Na sexta-feira (29), Mac Maharaj, porta-voz da presidência, emitiu um comunicado que afirmava que Mandela estava bem e seu estado progredia de forma constante. Maharaj, que foi companheiro de prisão de Mandela, disse à AFP que são boas notícias, embora convenha ser prudente devido a sua idade avançada. Seu neto, Mandla Mandela, e sua ex-mulher, Winnie Madikizela-Mandela, também declararam que o ex-presidente se encontrava bem e realizava exames médicos. O presidente sul-africano Jacob Zuma tampouco vê motivos para alarme. De fato, não modificou sua agenda e deve comparecer à cúpula extraordinária da Comunidade Econômica dos Estados da África Central (CEEAC), sobre a situação na República Centro-Africana, que será realizada na próxima terça-feira (2), no Chade.

Maharaj não quis revelar o nome do estabelecimento onde Mandela foi hospitalizado na noite de quarta-feira (27). É muito provável que se encontre em Johannesburgo, onde reside quando não está em Qunu (sul), o povoado onde passou sua infância, ou em Pretoria, a 60 km, onde ele foi internado nas últimas duas vezes em que esteve no hospital. "Alguns acreditam que deveríamos revelar o hospital. Não o fizemos porque queremos garantir que os médicos se concentrem em seu trabalho e queremos proteger sua intimidade", destacou o porta-voz da presidência. Coincidindo com a Páscoa, os fiéis rezaram por Madiba (o nome do clã de Mandela, que se converteu em um apelido carinhoso) durante a celebração da Sexta-Feira Santa nas igrejas sul-africanas. O clube de futebol inglês de Sunderland dedicará a partida que disputa, neste sábado contra o Manchester United, a Mandela, em colaboração com a fundação que leva seu nome. A equipe também pediu aos espectadores que doem 2 libras (2,40 euros, 3,07 dólares) à instituição.

Nelson Mandela já esteve hospitalizado em janeiro de 2011, e em dezembro de 2012, por infecções respiratórias, provavelmente relacionadas com as sequelas de uma tuberculose, contraída na ilha prisão de Robben Island, onde ele passou 18, de seus 27 anos de detenção, por lutar contra o regime de segregação racial da apartheid. Em 1990, Mandela foi libertado, e em 1993, ele recebeu o prêmio Nobel da Paz, por seu papel nas negociações para instaurar uma democracia multirracial na África do Sul, junto ao último presidente do regime da apartheid, Frederik de Klerk. Entre 1994 e 1999, Mandela foi o primeiro presidente negro da África do Sul. Devido aos seus problemas de saúde, vive aposentado há anos e não é visto em público desde a final do Mundial de futebol, disputada em julho de 2010, em Johannesburgo.

THERESE MOURAD
Fonte: Agence France-Presse (AFP)
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário