Fouad Siniora


Nesta semana vamos falar de um homem que tem muitos amigos e inimigos dentro do país e principalmente na política. Seu nome é:
Fouad Siniora

Nascido em 14 de Abril de 1943, foi o Primeiro-Ministro entre os anos de 2005 e 2008. Período de grande tensão, pois foi em seu mandato que ocorreu a guerra entre Líbano e Israel no ano de 2006. Hoje, ele continua sendo um membro do Parlamento, representando a cidade de Sidon, local onde nasceu.
Fouad Siniora estudou na Escola Americana de Sidon(que era apenas para meninos), e depois completou seus estudos na Universidade Americana de Beirute, onde estudou Administração, e fez Magistério.

Nos anos de 1970, Fouad trabalhou em diversos Bancos do Líbano. Em 1982 Rafik Hariri, o contratou, para que Fouad o ajudasse a expandir seus negócios. Junto com Hariri, a carreira de Fouad cresceu, e quando Rafik Hariri se tornou o Primeiro-Ministro, ele nomeou Fouad para Ministro das Finanças, onde permaneceu nesse cargo desde 1992 até 1998, e novamente nos anos de 2000 até 2004. 

No ano de 2002, ele aboliu a maioria dos impostos do Líbano e introduziu um método diferente, uma taxa de consumo, o VAT(Value Added Tax), de acordo com que o comprador consumir, terá um valor adicionado ao preço original do produto.

Foi nesses anos que o Líbano obteve um aumento monstruoso na dívida do país, mas os motivos desse aumento são discutidos até hoje, e muitos o acusaram pela tragédia financeira em que o Líbano mergulhou. Apesar das várias alegações contra sua pessoa  Siniora foi inocentado de todas as acusações em 2003.

Em 2005, quando os partidos anti-Síria ganharam as eleições parlamentares, Fouad Siniora se tornou o Primeiro-Ministro, e formou um governo.

Em 2006, na Guerra entre Líbano e Israel, Foad Siniora teve uma posição diplomática para tentar resolver a situação, e afirmou que o Governo não tem nada haver com essa guerra (não iria colaborar na reconstrução), o que desagradou a oposição do Parlamento. Além disso desentendimentos aconteceram por causa da investigação para descobrir quem matou Rafik Hariri.  

Por estas e outras razões em Outubro de 2006, a oposição dentro do Parlamento renunciou, e milhares de libaneses em Dezembro de 2006, entre eles a maioria xiitas e cristãos partidários de Michel Aoun, fizeram uma demonstração que durou 17 meses, onde os principais pontos em Beirute, inclusive o Centro, foram fechados.

Em 2009, Saad Hariri se tornou o Primeiro-Ministro do Líbano.
Fouad Siniora ainda participa da política no país em seu Movimento Futuro liderado por Saad Hariri. Porém, nas horas vagas, ele se dedica à literatura e gosta de escrever poesias. Siniora tem duas filhas e um filho. 

Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário