Juiz emite mandado contra Ahmad Al-Assir


Foto-REUTERS/Jamal Saidi -

O juiz do Tribunal Militar, Saqr Saqr, emitiu um mandado de busca contra Ahmad Assir, por seus partidários estarem circulando em Sidon com armas de diferentes tipos e provocando uma tensão geral na região.

Ahmad Assir, ficou sabendo de sua convocação através de seu segurança pessoal, mas ele se negou a comparecer, e afirmou que “Saqr Saqr age contra seu grupo como um falcão, mas com o Hezbollah é uma galinha”.

“Saqr Saqr trata os sunitas como uma comunidade derrotada”. Acrescentou.

Assir também afirmou: "Quando Nasrallah for também julgado pelas atitudes dele, eu também estarei diante a polícia de Sidon."

Na última semana, após um discurso fervoroso de Assir, que acusava o Hezbollah de estar vigiando seu partido e colocando homens armados em apartamentos da região, grande tensão ocorreu em Sidon, e os salafistas ficaram armados ao redor da Mesquita Bilal bin Rabah.

Fontes do Hezbollah disseram, que “os jovens que moram no apartamento não irão ser intimidados, e também afirmaram que esses são estudantes e não há armas lá”.

Mas Assir salientou que “o Hezbollah tem como objetivo prejudicar a ele e seus partidários, e que não estão tendo direito a defesa”. No ano passado Assir também acusou o grupo de gerar conflitos em Sidon.

Por sua vez, o Hezbollah afirma que “Assir obteve ajuda de alguns políticos, para inflamar a situação, e que são eles que causam conflitos em diferentes bairros”.

Saqr Saqr, também já emitiu um mandado de busca contra o filho de Assir, Omar al-Assir, quando o mesmo tentou resistir de forma violenta, ao ser parado por policiais. Omar foi liberado pela polícia após um número de seus partidários ter se dirigido ao local fazendo  pressão sobre as autoridades.

A Gazeta de Beirute conversou com um ex-membro do grupo de Assir que preferiu não ser identificado, e afirmou que “Assir apenas fazia insinuações para gerar revoltas, e não pensa nas consequências de estar incitando um conflito entre sunitas e xiitas, é um líder irresponsável”.

Na última sexta-feira(1), novamente os partidários de Assir protestaram nas ruas de Sidon pelos mesmos motivos, e tentaram fechar uma mesquita xiita da região, mas o exército não permitiu.

Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute
03-03-2013

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário