Paralisação dos Controladores de Voos


Foto: Dailystar

A greve por tempo indeterminado de professores e funcionários públicos, em pleito por reajuste salarial, recebeu  nesta quinta-feira (21), o apoio e adesão temporária dos controladores de tráfego aéreo e funcionários do Aeroporto Internacional Rafic Hariri, que suspendeu seus voos durante duas horas, causando atraso em diversas partidas e chegadas de varias companhias aéreas árabes e estrangeiras, inclusive da libanesa MEA, afetando os planos de muitos passageiros.

Enquanto manifestantes de todo o setor público e professores, realizavam protestos intensos em diversos lugares do país, visando pressionar o governo a reajustar os salários das referidas categorias, o aeroporto paralisou todos os seus voos de quinta-feira, causando atraso e grandes transtornos nas vidas dos passageiros, que dormiam sobre suas malas, e não paravam de ligar para seus contatos dentro e fora do país para comunicar os atrasos.

 Kamal Nassereddine, o Chefe do Comitê de Controladores de Tráfego Aéreo, alertou funcionários do Rafic Hariri, que se o reajuste não fosse aprovado na quinta-feira (21), pelo Conselho de Ministros, e não incluísse um reajuste para os controladores, a greve no aeroporto iria permanecer, até que eles também recebessem o subsídio. Segundo Nassereddine, os controladores de trafego aéreo são a espinha dorsal vital do setor aéreo do Líbano, e eles também possuem exigências a serem cumpridas, porque também estão insatisfeitos com o piso salarial defasado determinado pelo governo.

Os voos afetados pela paralisação dos controladores de tráfego aéreo no Rafic Hariri na ultima quinta-feira foram os de partida para Paris, Dubai, Bahrein, Doha e Kuwait, bem como os voos de chegada, do Bahrein, Doha, Kuwait, Amã, Atenas, Istambul e Cairo. 

CLAUDINHA RAHME      
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário