Pedido de Acreditação Negado pelo Vaticano


O Vaticano recusou o pedido de acreditação para o conclave ao jornalista italiano Gianluigi Nuzzi, autor do livro "Sua Santidade - As Cartas Secretas de Bento XVI", que revelou o clima de intrigas em torno do agora Papa emérito. A informação, citada pela agência noticiosa francesa AFP, foi avançada pelo jornalista na sua conta na rede social Twitter.

"Uma escolha marcada pelo obscurantismo, bem longe da transparência e da liberdade de imprensa", escreveu o escritor. O livro "Sua Santidade - As Cartas Secretas de Bento XVI", lançado em maio de 2012, e editado em Portugal pela Bertrand em novembro, foi escrito a partir de várias dezenas de faxes e cartas ultrassecretas endereçadas ao então papa Bento XVI. 

A obra contribuiu para alimentar o escândalo do caso "Vatileaks", que levou à detenção e condenação por roubo do mordomo pessoal do papa Paolo Gabriele, que ficou conhecido como "o corvo". Gianluigi Nuzzi fez, na semana passada, o pedido de acreditação para fazer a cobertura jornalística do conclave, cujo início está agendado para terça-feira à tarde, para o canal de televisão privado italiano La7. 

Hoje de manhã, o jornalista recebeu a resposta negativa do Vaticano, que não precisou os motivos da decisão. Um documentário realizado pelo jornalista, intitulado "A escolha do Papa", foi transmitido no canal La7 no último dia 23 de março. Em dezembro passado, Bento XVI decidiu conceder um indulto ao seu antigo mordomo, que saiu em liberdade após 117 dias de detenção. Na mesma ocasião, Bento XVI também concedeu um indulto ao informático que ajudou Paolo Gabriele.   

THERESE MOURAD
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário