Top da Semana IV


Por Léa Mansour

FILME:

Resenha: Waris Dirie (Soraya Omar-Scego / Liya Kebede) nasceu em uma família de criadores de gado nômades, na Somália. Aos 13 anos, para fugir de um casamento arranjado, ela atravessou o deserto por dias até chegar a Mogadishu, capital do país. Seus parentes a enviaram para Londres, onde trabalhou como empregada na embaixada da Somália. Ela passa toda a adolescência sem ser alfabetizada. Quando vê a chance de retornar ao país, ela descobre que é ilegal da Somália e não tem mais para onde ir. Com a ajuda de Marylin (Sally Hawkins), uma descontraída vendedora, Waris consegue um abrigo. Ela passa a trabalhar em um restaurante fast food, onde é descoberta pelo famoso fotógrafo Terry Donaldson (Timothy Spall). Através da ambiciosa Lucinda (Juliet Stevenson), sua agente, Waris torna-se modelo, além de ser embaixadora da ONU no combate à mutilação genital feminina. Só que, apesar da vida de sucesso, ela ainda sofre com as lembranças de um segredo de infância.

Título original: Desert Flower
Ano de produção: 2009
Diretor: Sherry Horman
Elenco: Liya Kebede, Sally Hawkins, Craig Parkinson, Meera Syal, Anthony Mackie, Juliet Stevenson, Timothy Spall, Soraya Omar-Scego, Teresa Churcher, Eckart Friz, Anna Hilgedieck, Matt Kaufman
Produção: Peter Herrmann
Roteiro: Smita Bhide
Fotografia: Ken Kelsch
Trilha Sonora: Martin Todsharow
Duração: 124 min.
Ano: 2009
País: Reino Unido/ Alemanha/ Áustria
Gênero: Drama
Distribuidora: Imovision
Estúdio: Desert Flower Filmproductions
Classificação: 14 anos
Prêmios: FESTIVAL DE SAN SEBASTIÁN
Ganhou Melhor Filme Europeu - Voto Popular.




Frase: 

“Não se acostume com o que não te faz feliz”. (Fernando Pessoa)


Livro:
Resumo  do Livro

Sinopse:A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz... Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone perdido no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de ter alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir.

Piada:

O lujinia do senhora Assef

Um indivíduo engravatado entra n lujinia do Assef (primo de Mohamed), na Rua 25 de Março, e olha com desprezo para o balcão escuro, as roupas pendurada em ganchos e o chão de tacos de madeira sem polimento. O Assef se irrita com o desprezo do sujeito, e resmunga: 

- Está olhando feio bro lujinia da Assef bruquê? 

Com este lujinia, Assef tem abardamento na Ipanema, tem casa na Búzios, casa na Cambos da Jordão, tem casa no Riviera da Zao Lorenzo, tem abardamento na Beirute, tem filho estuda medicina na Estado Zunido, tem filha estuda moda na Baris, tudo só com lujinia!

O sujeito vira e diz:

- O senhor sabe quem eu sou? 

Eu sou fiscal do Imposto de Renda!

- Muito brazer! Eu ser Assef, maior filho do buta, mentiroso do Rua 25 de Março.


Musica:


Emilio Santiago - "Desenho de Giz & Papel Machê"
Não poderia de homenagear o grande cantor que foi o Emilio Santiago, que encantou gerações com sua voz de veludo! Em homenagem a Emílio Santiago, falecido aos 66 anos na manhã da última quarta-feira, 20. 


Foto: 
             Também não poderia deixar de Homenagear o Papa Francisco.

   Basílica de São Pedro -  Vaticano

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário