Anjar


Foto: ghazi.de

Anjar, também conhecida como Haoush Mousa (e mais anteriormente ainda como Gerrha), é uma cidade localizada há 55 km de Beirute, no Vale do Bekaa, numa área de 20 mil km quadrados, e com 2.400 habitantes, constituída quase que totalmente, por armênios. Embora se sabe que o Vale do Bekaa, é o lugar no Líbano com a maior população de brasileiros e descendentes. 

Durante o verão, a população da cidade aumenta para cerca de 3.500 habitantes armênios, que retornam para visitar. A maioria dos armênios de Anjar são armênios ortodoxos, pertencentes à Igreja Apostólica Armênia e a Santa Sé da Cilícia. A Igreja Apostólica Armênia São Paulo é a segunda maior igreja armênia no Líbano.

Foi construída nessa região, no início do século VIII, por Umayyad Califa Al-Walid ibn Abdel Malek, uma fortaleza, com o intuito de fechar a área, e controlar a passagem de quem entrava ou saia, formando assim, uma praça-forte. As ruínas dessa fortaleza, construída há tanto tempo, ainda existem, e estão muito bem conservadas. E lá, você pode ver os vestígios de toda uma civilização.

Anjar é a única cidade no Líbano, da dinastia Omíada do Califa Walid I, construída para ser um palácio, sendo mais tarde abandonada, e depois, novamente repovoada em 1939, por milhares de refugiados armênios de Musa Dagh, na Turquia. Em 1984, as ruínas foram tombadas pela UNESCO como Patrimônio Mundial. 

Se você ainda não conhece, vale a pena visitar esse lugar, que certamente será um passeio fascinante. Aproveite para comer as delícias típicas da região, experimentar os banhos termais, e andar pelas lojinhas da cidade. Mas antes de ir para qualquer lugar do Líbano, verifique a situação da região, evite passar por locais com possíveis conflitos ou tensão.

Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário