BRINCADEIRA SEM GRAÇA



Na última semana, acredito que muitas pessoas fizeram suas brincadeiras e piadinhas de Primeiro de Abril, o que é normal e até saudável, desde que não prejudique ninguém. Inclusive eu também fiz as minhas brincadeiras, tendo sido uma delas, inclusive com a Diretoria da Gazeta de Beirute.

No entanto, a rede de TV MTV, ultrapassou a ética, e o senso, ao interromper sua transmissão normal, para lançar uma notícia de última hora, anunciando que vários pescadores haviam desaparecido no mar, próximo ao Porto de Dora. Minutos depois, a rede LBC informou que a Unidade de Resgate do Mar da Defesa Civil, estava realizando buscas no local, com a ajuda do exército, antes que a MTV desmentisse a brincadeira (de mau gosto). 

A princípio a LBC foi acusada de ter “criado” uma notícia, para poder acompanhar a história original, porém a emissora se defendeu, dizendo que a falta de ética da MTV em usar um meio de comunicação respeitado para fazer uma brincadeira desse porte, é quem deveria ter a credibilidade colocada em questão, e não a atitude da LBC, que de fato até fez contato com a supervisão do chefe da unidade de resgate marítimo regional, Samir Yazbek, que confirmou que uma operação de busca e resgate, estava em andamento.

Familiares de pescadores, e funcionários do porto, congestionaram as linhas de telefone para obter informações sobre seus entes, e ao descobrirem a fraude, ficaram enfurecidos. A MTV havia informado as Forças de Segurança Interna, sobre sua “brincadeira” de mau gosto, porém, não informaram a Defesa Civil, que saiu em missão de resgate assim que ouviu a notícia, para buscar o que nunca havia existido. 

Entretanto, muito mais absurdo do que a brincadeira sem noção da MTV, foi a antiética colaboração das Forças de Segurança Interna do país, de usar uma ferramenta de confiança, como o noticiário, para brincar sobre algo sério. Que fique registrado, que o jornalismo nunca deve ser usado de forma leviana, no intuito de obter risos e diversão, lançando falsas notícias sobre assuntos sérios. E principalmente, que envolvam outros órgãos e instituições sérias, e competentes, a desperdiçarem o seu precioso tempo, para atender ocorrências mentirosas, fruto de brincadeiras bobas.


CLAUDINHA RAHME
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comments:

  1. Verdade brincar com coisa seria nao tem graca.

    ResponderExcluir