Embaixador Russo, Teme Al -Qaeda no Líbano



O Embaixador russo, Alexander Zasypkin, na última semana, expressou preocupação com a situação em que o Líbano está atravessando, principalmente porque conflitos sectários no país e os confrontos na Síria, podem provocar a disseminação de membros da Al-Qaeda no Líbano.

Zasypkin, relatou no Jornal Al-Safir, que é muito perigoso, o envolvimento do Líbano nestes conflitos, especialmente pela existência de contrabando nas fronteiras de armas e combatentes dos dois países. O grande problema de acordo com ele, é que a Al -Qaeda pode se tornar presente no Líbano.

Ele ressaltou que a situação ao longo da fronteira sírio-libanesa é "complicada", e afirmou que “diversos grupos, estão usando o território libanês para ajudar grupos armados que lutam contra as forças sírias.”

O Embaixador, afirmou que deve haver comunicação entre as autoridades dos dois países, e que ambos devem respeitar os acordos existentes.

Questionado sobre a participação de combatentes do Hezbollah na Síria, e de seus opositores. Zasypkin, apenas disse que: "não há informações precisas sobre o assunto."

Na última semana, o Presidente sírio Bashar Assad, advertiu os países do Ocidente,  sobre os riscos de apoiarem os rebeldes que estão diretamente ligados à  Al -Qaeda.

Inúmeros confrontos nas fronteiras do Líbano, são o resultado da guerra no país vizinho que começou em Março de 2011, e por esta razão, Zasypkin, disse que as disputas entre os políticos são assuntos menores, em comparação, com a estabilidade, e a dissociação do conflito na Síria.

Nesta semana, quarta-feira (1), o  vice-ministro do exterior da Rússia, Michael Bogdanov visitará o Líbano, e encontrará com diversos políticos do país.


Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute

Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário