Mais de 100 Feridos e Três Mortos Na Explosão de Boston


Foto: Euronews

O ataque mais violento, depois do fatídico ataque ao World Trade Center em 11 de setembro em 2001.Duas explosões durante a maratona de Boston, num intervalo de 12 segundos, entre a primeira e a segunda explosão, há 100 m de distancia da linha de chegada da maratona. 

Até o momento, 174 feridos, 17 em estado crítico, e três mortes. As vítimas: um menino de 8 anos, que corria para a linha de chegada, carregando uma placa com o nome do pai, que estava correndo na Maratona, um jovem de 29 anos, e uma estudante Chinesa, de 23 anos, que por ironia do destino, postou na internet, uma foto que reflete os prazeres simples da vida. 

Foi registrado que havia mais de 100 brasileiros na maratona, mas até o momento, o Itamaraty não anunciou nenhum brasileiro entre os feridos. Havia também 12 Libaneses participando da maratona, e o governo libanês também não registrou nenhum deles entre os feridos. As vítimas, a maioria jovens, foram levadas para oito hospitais locais, a polícia lançou uma vasta operação de busca de outros eventuais explosivos, e descobriu dois engenhos ainda desativados, na em Boylston Street.

As investigações estão em andamento, mas a polícia disse já existir um suspeito, um homem não identificado, que foi visto fugindo da área da primeira explosão. O FBI está à frente das investigações, e durante as primeiras averiguações realizadas na cena do crime, foi descoberto que os explosivos foram colocados dentro de uma panela de pressão, com metal preparado para explodir em vários pedaços, provocando mortes e ferimentos. Estas bombas, conhecidas também como bombas caseiras, são muito utilizadas em países como o Afeganistão. 

Dois outros engenhos explosivos foram encontrados no local, e também uma carta dirigida ao Presidente Obama, juntamente com os demais objetos encontrados.  De acordo com o FBI, após análise feita na carta, descobriu-se que ela continha substâncias venenosas, o autor da carta foi capturado pelo FBI na última quinta-feira (18). O responsável pela carta é um conhecido criminoso do FBI, famoso por escrever cartas desse tipo a lideres políticos. Porém não há nenhuma comprovação de que ele esteja envolvido nas explosões, até o momento.

As pessoas foram seriamente atingidas. Há grandes lacerações e amputações. Muitos estilhaços. Foram duas grandes explosões. Há sangue por todo o lado”, disse um homem. A Maratona de Boston é um dos principais eventos desportivos norte-americanos, com aproximadamente 27 mil participantes, e dezenas de milhares de espectadores. Está sendo investigado se o ataque foi cometido por terroristas locais, ou estrangeiros.

Obama declarou numa coletiva de imprensa que ninguém deve tirar conclusões precipitadas antes de serem apurados todos os fatos, e que sem dúvida o autor ou os autores do atentado serão descobertos, bem como seus motivos. E disse também, que “os responsáveis, sejam indivíduos ou grupos, irão sentir o peso da justiça”, declarou o presidente americano. Foram implantadas várias medidas reforçadas de segurança em todo o país, sobretudo em Nova Iorque, em tornos dos locais de maior afluência, com a instalação de diversos veículos de intervenção antiterrorista em circulação.   

Há três anos a revista Inspire, ligada à rede terrorista Al Qaeda, publicou um artigo com o seguinte título: “Faça uma bomba na cozinha da sua mãe”, e explicava passo a passo, todo o procedimento para fabricar explosivos caseiros feitos com utensílios domésticos, entre as dicas do tutorial, era mencionada a fabricação de bombas usando uma panela de pressão, exatamente o mesmo explosivo encontrado no local da maratona de Boston.

Outra explosão ocorreu também na mesma semana, dessa vez no Texas, na ultima quarta-feira (17), numa fabrica de fertilizantes, deixando pelo menos 160 pessoas feridas, e muitas pessoas desaparecidas. "Foi como se uma bomba nuclear tivesse explodido", declarou à CNN, Tommy Muska, Prefeito de West, localidade de 2.500 habitantes, cenário da catástrofe. Segundo a imprensa local, primeiramente houve um incêndio, e logo na sequência, houve a explosão. 

A polícia local informou que o número de vítimas ainda pode aumentar, devido ao número de pessoas desaparecidas, entre elas, os bombeiros que tentavam apagar o incêndio. Ainda não se sabe se a explosão foi criminosa, ou se está ligada à explosão ocorrida em Boston. A polícia local e o FBI continuam investigando.

Therese Mourad
Fonte: CNN, Euronews, e Washington Post.
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário