Quiropraxia



É a área da saúde que trata e previne doenças dos sistemas nervoso, muscular e esquelético, por meio de terapia manual, principalmente manipulação das articulações.  O Quiropraxista dedica-se à prevenção, ao diagnóstico, e ao tratamento das alterações de má posição articular, que interferem na função normal de músculos e nervos. A quiropraxia trata, por exemplo, hérnia de disco, alteração postural, e dor nas costas ou de cabeça. Para isso, faz uso de vários métodos terapêuticos, como terapia manual, exercícios físicos, reeducação postural, orientação nutricional, fisioterapia, e caso seja necessário, encaminha o paciente para tratamento com um ortopedista, reumatologista ou neurologista.

O corpo humano: 

O corpo humano é dividido em cabeça, tronco e membros. O que une e controla as funções dos tecidos, órgãos, e sistemas do corpo humano, é o sistema nervoso, que é composto pelo cérebro, medula espinhal e todos os nervos do corpo. O cérebro é protegido pelo crânio, e a medula espinhal por 24 ossos móveis (vértebras), que formam a coluna vertebral. As articulações da espinha devem estar biomecânica e fisiologicamente íntegras, para que haja perfeita comunicação entre o cérebro e o restante do corpo.
Devido ao formato e disposição da coluna vertebral, os movimentos ou posturas inadequadas, podem comprometer os delicados nervos, interferindo na função dos tecidos controlados por eles. Sem o suprimento nervoso adequado, os órgãos e tecidos afetados, tornam-se mais susceptíveis a desarmonias, podendo levar a uma interpretação errada (disfunção ou dor).

Objetivo: 
A quiropraxia objetiva a manutenção e/ou liberação deste fluxo, através da correção das subluxações, que podem compreender desde um pequeno desarranjo articular, até a fixação de estruturas que deveriam estar móveis. A comparação mais próxima é o chamado alinhamento/balanceamento das rodas no carro, necessário quando observamos desgastes excessivos, ou diminuição no desempenho.
Diferente das máquinas, cujas partes danificadas podem ser trocadas, o corpo humano é insubstituível. É verdade que ocorre a renovação celular, mas nunca de tecidos específicos ou órgãos, o que acaba ocorrendo, é o desgaste prematuro nas articulações, principalmente joelhos e ombros, e alterações funcionais e dores.

Proposta: 
Prevenir o desgaste excessivo, a perda de eficiência e melhora da dor. Não deve ser considerado como mágica. É uma abordagem científica, para um problema do dia-dia.

Diagnóstico: 
O exame clínico do Quiroprático, inclui testes nas várias articulações e músculos, podendo também incluir um exame dos reflexos do sistema nervoso, pulsação, tensão arterial, coração e pulmões, e possivelmente um teste de urina.

A Quiropraxia é segura?
Atualmente, a quiropraxia é a forma mais segura de tratar a coluna vertebral, e em especial a coluna lombar, pois os procedimentos adotados respeitam a anatomia envolvida.  O exercício da quiropraxia enfatiza o tratamento conservador do sistema neuro músculo esquelético, sem o uso de medicamentos e procedimentos cirúrgicos. Causas e consequências biopsicossociais, também são fatores significativos na abordagem do paciente. Por não utilizar medicamentos, e por ser cientificamente provada como tratamento seguro e eficiente, a quiropraxia se torna uma oportunidade eficaz para melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

A História da Quiropraxia: 
A Quiropraxia teve seu marco de fundação nos EUA, na cidade de Davenport - Iowa, em 1895, pelo Dr. David Daniel Palmer. Tudo começou quando um de seus pacientes veio reclamar de uma surdez. O Dr. Palmer observou a coluna vertebral, e constatou um mau posicionamento de uma vértebra. Ao manipular a vértebra, em poucos minutos o paciente estava ouvido normalmente. Claro que isso foi uma feliz coincidência, mas fez surgir a ideia, de tratar a coluna através de pequenos ajustes vertebrais, a fim de restaurar os movimentos naturais, e conservar a passagem dos nervos, que saem da coluna e vão chegar aos músculos, aos órgãos internos e à pele. Após alguns anos, foi fundada a primeira Faculdade de quiropraxia, a Palmer Chiropratic College. Com o passar do tempo, a quiropraxia foi se desenvolvendo através de diversas pesquisas científicas, anexadas a revistas importantes da área. Hoje em dia, a quiropraxia está consolidada, e tem muito prestígio entre a classe científica.

Tratamento: 
O Quiroprata trata as articulações e músculos, através de ajustamentos, com aplicações leves ou rápidas de pressão, tendo como objetivo, restabelecer mobilidade para as articulações. As articulações podem ser distendidas ligeiramente, e os músculos também podem ser tratados, aplicando várias formas de pressão sobre eles. O tratamento de quiropraxia, normalmente, é indolor e muito relaxante. Qualquer fadiga que a pessoa sentir, depois dos primeiros tratamentos, poderá ser um sinal do seu corpo, de que precisa de descanso. 

Também poderá sentir algumas dores musculares, semelhante às de quando se faz exercício físico, depois de um longo período de inatividade. Esta é uma reação muito natural. Dependendo da extensão da função anormal, o tratamento pode consistir em algumas sessões, ou em sessões continuadas. Também pode haver intervalos menores, ou maiores, entre as sessões, tudo dependendo da natureza de sua doença. Basicamente, quanto mais cedo for tratado melhor, e quanto mais rapidamente melhorar, menos sessões serão necessárias.

Pode não ser possível o restabelecimento total do estado, mas o conhecimento de como se cuidar na vida quotidiana reduzirá o risco de uma recaída. O Quiroprático aconselhará sobre exercícios dorsais, por exemplo, como distender (alongar) e fortalecer as costas, e soltar as articulações. Estes exercícios são um complemento importante ao tratamento da quiropraxia, e é importante saber quais os exercícios benéficos, e os que devem ser evitados. É importante fazer exercícios corretamente, o seu treino de exercício dorsal, não só é preventivo, mas também pode restabelecer a sua saúde.

Que condições clínicas que a quiropraxia pode tratar?
Em princípio, o tratamento com quiropraxia pode ser aplicado para quaisquer alterações ditas “funcionais”, que afetam o sistema músculo esquelético. É preciso certificar-se, que não haja contra indicações para o tratamento quiroprático. As condições, ou alterações funcionais, são mais bem definidas, como biomecânicas do sistema músculo esqueléticas. Por exemplo: Pessoas com dores em diversas regiões do corpo humano, decorrentes do uso excessivo, uso repetitivo, ou uso incorreto do corpo: lombalgias por má postura, ou atividades como carregar pesos; dores nos braços, decorrentes de atividades como uso prolongado no computador; dores no ombro, decorrentes de esportes como tênis, etc..

Quais as contraindicações para a manipulação articular?
Lembrando, a quiropraxia, não utiliza somente manobras articulares. Há várias técnicas diferentes, que não necessariamente, precisam enviar o impulso de manipulação. Os exemplos de contra indicações são:

•Alterações neurológicas,

•Déficit neurológico progressivo,

•Síndrome da cauda equina,

•Mielopatia,

•Antecedentes de acidentes vasculares cerebrais (contraindicado para manipulação da coluna cervical apenas), 

•Sinais, e sintomas sugestivos, de insuficiência vértebra basilares (contraindicada para manipulação da coluna cervical apenas),

•Alterações ósseas e articulares (contraindicado para realização na região afetada),

•Lesões destrutivas (câncer ósseo, doença de paget),

•Fraturas e luxações agudas, ou em consolidação,

•Fraturas patológicas, por desmineralização óssea,

•Necrose avascular dos ossos,

•Osteomelite,

•Instabilidade articular,

•Atropatias inflamatórias em fase aguda.

Quiropraxia na mídia popular:
•Na primeira temporada do seriado “Queer as Folk”, Michael tem um namorado quiroprático.

•O seriado “Two and a Half Men” possui um protagonista quiroprático, Alan Harper.

•Apareceu no filme: “Alucinações do Passado”.

•Elizabeth Hurley desempenha o papel de uma quiroprática no filme “Má Sorte”
•Em um episódio dos “Simpsons” (Mamãe Coruja), Homer recorre a um quiroprático.

•No episódio 8 (Angie), da sétima temporada de “That '70s Show”, Kitty propõe a Eric (seu filho), para se tornar um quiroprático.

•No Filme “Zodíaco”, em uma cena de confrontação, o psiquiatra Melvin Belli diz ao psicopata que as dores de cabeça dele foram resolvidas por um quiroprático.

•No Seriado “Everybody Hates Chris”, o tio de Chris Rock é quiroprático. No episódio do dia de ação de graças, na primeira temporada, o tio quiroprático vai passar o dia com a família de Chris, e enquanto aguarda o almoço de ação de graças, ele manipula todos que estão na sala.

•O samoano Brian Lima, único jogador presente em cinco copas do mundo de rúgbi (futebol americano), era apelidado de "O Quiroprata", pelo impacto que exercia nos adversários.

Lea Mansur
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário