A Origem do Carnaval



A famosa festa, realizada bem antes do nascimento da Igreja Católica, passou por várias transformações e se adaptou à cultura brasileira. O carnaval é uma festa que se originou na Grécia, em meados dos anos 600 a 520 a.C. Através dessa festa, os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses, pela fertilidade do solo, e pela produção. Posteriormente, os gregos e romanos inseriram bebidas e práticas sexuais na festa, tornando-a intolerável aos olhos da Igreja. Com o passar do tempo, o carnaval passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica, o que ocorreu, de fato, em 590 D.C. 

Até então, o carnaval era uma festa condenada pela Igreja, por suas realizações de canto e dança, que aos olhos cristãos, eram atos pecaminosos. Em 1545, durante o Concílio de Trento, o carnaval voltou a ser uma festa popular. Chegou ao Brasil, em meados do século XVII, influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como a França, o carnaval acontecia em forma de desfiles urbanos, ou seja, os carnavalescos usavam máscaras e fantasias. Embora de origem europeia, muitos personagens foram incorporados ao carnaval brasileiro, como por exemplo, o Rei momo, Pierrô, a Colombina, etc. 

O Carnaval foi comemorado por aqui desde a chegada dos portugueses; no século 17, por influência dos nossos conterrâneos, as celebrações resumiam-se ao entrudo. Nesta época, era uma bagunça, feita principalmente por escravos, com direito a guerras de água, farinha e limões de cheiro. A popularização do samba e das marchinhas, através de compositores como Braguinha, Haroldo Lobo, e Lamartine Babo, tornaram a festa um sucesso entre a população, na década de 1920. É aí que entra um famoso personagem da nossa história: Getúlio Vargas. 

O estado passou a organizar o Carnaval, dando licença para os desfiles, e investindo nas escolas de samba. Getúlio pegou a onda da consolidação do samba, aproximando sua política de construção do Estado Nacional, com as manifestações populares do carnaval, que foi se tornando cada vez mais popular no século XX, e teve um crescimento considerável neste período, em virtude das marchinhas carnavalescas (músicas que faziam o carnaval mais animado). 

A primeira escola de samba foi criada no dia 12 de agosto de 1928, no Rio de Janeiro, e chamava-se “Deixa Falar”. Depois dessa época o carnaval foi evoluindo cada vez mais, com o aumento de mais escolas de sambas, e um grande número de desfiles. Hoje, o carnaval é o maior e  mais famoso evento  no Brasil, onde turistas de todo o mundo visitam o país, especialmente para assistir esse evento.

Therese Mourad
Gazeta de Beirute
Fonte: brasilescola.com
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário