Caverna Mabaj – Jbeil


Localizada em Almat, distrito de Jbeil, ao lado do Mosteiro de Santa Teresa, a Caverna Mabaj, que fica a 20 km de Jbeil, 55 km de Beirute, e 8 km do Mosteiro de São Charbel, é um achado, para quem apenas conhece a Gruta de Jeitta.

Perguntado a 10 libaneses se eles conheciam a gruta de Jeitta, todos responderam um “lógico”, meio que ultrajados com a pergunta. No entanto, quando perguntado se eles já haviam ido a Caverna Mabaj, todos responderam que nunca haviam ouvido falar. 

Se libaneses desconhecem a existência dessa caverna, dificilmente, turistas estrangeiros ouvirão sequer alguma menção sobre ela. 

Talvez esteja faltando um pouco mais de dedicação por parte do Ministério do Turismo do Líbano, na divulgação de outras belezas naturais do país, como esta caverna.

A Caverna faz parte do território do Mosteiro de Santa Teresa, porem quem conduz os visitantes ao seu interior, e explica sua história, é o Sr. Nabil Haidar, um militar aposentado, apaixonado pela caverna desde criança. 

A caverna foi descoberta em 1938 por um francês, mas nunca recebeu a devida atenção e cuidado, que passou a ser a prioridade do Sr. Haidar, que conseguiu uma cooperação entre a Ordem Maronita Libanesa e o Mosteiro de Santa Teresa. A geologia da caverna é a mesma que a da gruta de Jeitta, com formações naturais de estalactites e estalagmites, porém ela não recebe o mesmo suporte, atenção por parte do Ministério do Turismo, ou outra entidade governamental, e nem tem a infraestrutura e fama que a outra gruta, mas é tão bela e interessante quanto a Gruta de Jeitta. 

A Caverna Mabaj permanece aberta por um período de 6 meses, ficando outros 3 meses fechada, bem como todos os seus equipamentos e dispositivos de iluminação são removidos e guardados, em virtude da temporada de chuvas, onde a caverna inunda, algumas vezes chegando a ficar submersa a 3m abaixo da água. Anualmente, o trabalho do Sr. Haidar e sua equipe, para restaurar o interior da caverna, e reinstalar todo o equipamento, e seus dispositivos de iluminação, para que ela possa ser reaberta ao público, sem sombra de dúvidas, é árduo e exaustivo, porém visivelmente feito com carinho e dedicação. 

Almat é um vilarejo de 15 mil habitantes, sendo que de fato, existem apenas 3.500 eleitores, durante o verão aproximadamente 6000 filhos de Almat, aparecem na aldeia para visitar, a pequena aldeia, que possui 750 casas, sendo 100 delas, mal assombradas, segundo relatam os moradores da aldeia. Em Almat, encontra-se também, as ruínas do templo de Mashnaka.

Havendo interesse em visitar a Caverna Mabaj, ou agendar excursões em grupos, ligue:(00961) 03 056 520(00961)70 856 974.


Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário