Grupo Cooperar


A idéia é geniosa, o trabalho é grande, mas o resultado será maior. É com muito entusiasmo, que a Gazeta de Beirute, entrevistou, um dos fundadores, do Projeto mais criativo e promissor, do ano de 2013, Miller Assis, que juntamente com Luiz Rocha e TIAGO DRUMOND, fundou o Grupo Cooperar, incentivando a colaboração entre os membros de uma comunidade, para benefícios em comum.



GB: Por favor, Senhor Miller, explique um pouco, para os que ainda não conhecem, o que é o Grupo Cooperar, e como surgiu essa idéia?

Miller Assis: O Grupo Cooperar é uma idéia que já existe a mais de 10 anos, tudo se iniciou quanto estávamos na faculdade. Eu era um dos membros da comissão de formatura, e tínhamos uma luta muito grande para arrecadar dinheiro. Fazíamos rifas, festas, vendíamos canetas, camisas, ou seja, tínhamos que fazer de tudo para conseguir levantar uma grana para podermos fazer uma formatura descente, visto que aqui no Brasil tudo é por conta do aluno. Dentro dessa realidade, surgiu um sentimento de querer  agregar mais comissões de formaturas, para poder e conseguir realizar coisas maiores. Começamos então a nos juntar a mais comissões para fazer festas e comprar coisas em conjunto, por exemplo, comprando vinho para formatura conseguimos um preço melhor ao comprarmos com um volume maior. Sofremos muito, ralamos mais ainda e conseguimos nos formar com um belo evento. Depois de formados aquele sentimento de que podíamos fazer algo grande com esse projeto ficou em minha mente, e queria desenvolver algo, mas ai vem a pergunta o que e como?

GB: Então, a partir daí, como foi se desenvolvendo a idéia?

Miller Assis: Muito bem, foi ai que em inúmeras conversas com um já grande parceiro de outros projetos de faculdade o Luiz Rocha, tivemos a idéia de abrir uma empresa com esse propósito. A empresa se chamava Graduart isso no final do ano de 2001. Engraçado, na época aqui não tínhamos sequer emails para nos comunicarmos, tudo era feito via telefone, e quando digo telefone, é telefone fixo, não tinha celular difundido. Era muito difícil a comunicação, mas conseguimos em aproximadamente 06 meses, juntar mais de 60 comissões de formaturas. A vida virou um inferno, éramos apenas três sócios, sendo que um morava nos Estados Unidos, que era o nosso designer. Luiz e eu, gerenciávamos toda a operação batendo de porta em porta, nas salas de aulas para passarmos nossa idéia no quadro negro. A adesão era imediata. Fizemos camisas para venda na copa do mundo de 2002 com as comissões e mais de 10.000 camisas foram vendidas. Também fizemos um rifa aqui, no qual em vez de papel a pessoa recebia um CD, com músicas em parceria com bandas locais, para promoção das bandas, e a pessoa concorria a um final de semana em um hotel na região, em parceria também com a promoção. Sempre trabalhando com essa filosofia, de agregar as pessoas para que juntas sejam mais fortes. Mas como não tínhamos recursos, e nem experiência, a coisa ficou extremamente grande, não conseguimos gerenciar e fechamos a empresa, isso por volta de 2003. Depois disso, cada um dos sócios seguiu seu caminho, mas a idéia permaneceu viva, e sempre pensávamos que um dia iríamos retomar tudo. 

GB: E quando foi que vocês já preparados, retomaram esse projeto?

Miller Assis: O mundo deu algumas voltas, e depois de 5 anos Luiz e eu começamos novamente a elaborar um desenho da idéia. Nossas realidades mudaram, e como adaptar a idéia agora? Muito bem depois de pensar e pensar, trouxemos a idéia para nossa realidade. Luiz tem um filho, e esse estava na época de compra de material escolar. Muito bem recomeçamos ai. Convidamos todos os pais da turma para se organizarem e comprar a lista de material em conjunto. Dos aproximadamente 25 pais da turma apenas 14 toparam. Depois de muita confusão, para organizar a comunicação e a operação de pesquisa de preço e compra, conseguimos uma economia de aproximadamente 40%. Dessa experiência surgiu o primeiro modelo da ferramenta online do Grupo Cooperar. 

GB: Como é essa ferramenta, explique um pouco mais.

Miller Assis: Então, começamos, formatar tudo, e percebemos que o principal problema para juntar as pessoas era a comunicação entre elas. Surge então o primeiro modelo de ferramenta online para comunicação dos grupos. A idéia já começou além do grupo de escola para o grupo de nossos vizinhos. Começamos a testar e logo vimos a demanda por mais tipos de grupos. Focamos inicialmente no desenvolvimento da ferramenta online para aprimorar a comunicação do grupo, fase que estamos finalizando. A próxima fase será desenvolver toda a ferramenta de cooperação. Estamos também finalizando o módulo de empréstimo de livros. Depois iremos ampliar para todas as categorias de produtos e entrar com outros módulos de cooperação: troca e doação. 

GB: Então significa que o Grupo Cooperar, é um meio de unir as pessoas, para alcançar algum objetivo, em benefício de todas elas? E que tipos de grupos podem ser criados? 

Miller Assis: Exatamente, atualmente podemos criar os seguintes tipos de grupos: residencial(condomínios), trabalho, educação, organizações(ONGS) e outros. 

GB: Essa idéia será para pessoas que vivem na mesma região, ou também poderá haver ajuda mútua entre pessoas de diferentes regiões?

Miller Assis: A idéia é que inicialmente as pessoas que vivem próximas possam se conectar e cooperarem entre si. Depois com o crescimento do sistema, e adesão das pessoas, planejamos conectar pessoas de regiões diferentes sim.

GB: Como esta idéia tem sido recebida pelas pessoas?

Miller Assis: A adesão com a idéia tem sido sensacional, com grande apoio de todos. 

GB: Miller, qual é o objetivo do programa?

Miller Assis: Nosso objetivo é juntar as pessoas, para alcançarmos objetivos comuns. Juntos somos mais.

GB: Vocês estão recebendo algum apoio?

Miller Assis: Nosso apoio vem das pessoas como vocês, que tem ajudado a divulgar.

GB: Agora me conta, como está o desenvolvimento do programa? Já está havendo interação? Trocas, favores, e ajuda entre membros de alguma comunidade? 

Miller Assis: Sim, a ajuda entre os membros do grupo, está muito maior que o esperado. Dentro dos grupos as pessoas estão se comunicando e cooperando, verdadeiramente como uma comunidade.

GB: Essa idéia, é uma invenção que envolve o mundo virtual e real, um orgulho, pois é algo muito inteligente feito por brasileiros, por esta razão vocês esperam que o governo apoie vocês, nesse projeto criativo que tanto pode se expandir?

Miller Assis: Quanto ao governo brasileiro não esperamos nada. Muito obrigado pela parte do orgulho, fico ainda mais motivado a continuar trabalhando.

GB: Diversos países podem copiar a idéia, há um processo de legalização por direitos autorais da idéia?

Miller Assis: Estamos trabalhando nessa parte com registros internacionais. 

GB: Se o Grupo Cooperar chegar a nível internacional, poderá ser criadas comunidades em inglês? Visto que o website está em português.

Miller Assis: Espero que essa pergunta se torne realidade em breve. Pois, também já estamos trabalhando para versões em outras línguas.

A Gazeta de Beirute, agradece, e gostaríamos que você deixasse uma mensagem para os brasileiros que aqui vivem.

Eu Miller Assis, junto com toda nossa equipe, agradecemos toda a atenção e apoio ao nosso projeto. Aos nosso conterrâneos, deixo a seguinte mensagem: queremos reunir as pessoas boas que existem e estão apenas espalhadas Brasil e mundo afora, para que juntos possamos trabalhar e melhorar cada vez mais nossas realidades.

E assim, terminou hoje, mais uma entrevista para a Gazeta de Beirute, faça seu grupo de cooperação, você pode transformar a comunidade que você vive, pois o Grupo Cooperar, criou este espaço, facilitando a comunicação entre as pessoas, então crie seu próprio grupo, através do Grupo Cooperar:



Assista também a entrevista que o Grupo Cooperar, concedeu à Revista BHNews


Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comments: