Russos têm interesse em investir no Líbano



O Embaixador da Rússia no Líbano, Alexander Zasypkin, afirmou na última sexta-feira (10), que as empresas russas têm grandes projetos de investimento nas obras do Líbano, relacionadas à energia, transportes, saneamento, barragens e ferrovias; e também interessados em investir em reservas de petróleo no mar do Líbano, visto a grande quantidade de gás existente nas águas libanesas.  

Um grupo de 46 empresas se qualificou para licitar a primeira rodada de licenças de prospecção de gás natural, na costa mediterrânea do Líbano. Das 52 empresas, que entraram no processo de pré-qualificação, 12 foram qualificadas como potenciais operadoras, e outras 34 como potenciais não operadoras, porém, capazes de participar indiretamente na exploração das reservas de gás, ao largo do Líbano.

O Líbano tem sido lento para explorar os seus recursos marítimos, em comparação com outros países do Leste do Mediterrâneo. Israel, Chipre e Turquia são mais avançadas na extração de petróleo e gás, enquanto a zona controvertida consiste em cerca de 850 km quadrados, e suspeita de reservas de energia, que poderiam gerar bilhões de dólares.

No entanto, em 15 de fevereiro, o Ministro das Energias, Gebran Bassil, afirmou que o Líbano estava em curso para realizar a sua primeira perfuração de exploração de petróleo, depois que o governo libanês aprovou no final de Dezembro de 2012, decretos regulamentares do Comitê do Setor Petrolífero, encarregado de gerenciar os esforços de exploração, ao largo da costa do Mediterrâneo.

Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute  
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário