130 anos do nascimento do escritor e pintor Gibran Khalil Gibran


A Associação Cultural Brasil-Líbano, o Comitê Nacional Gibran, e o Museu Gibran estão realizando uma exposição, no Memorial da América Latina, em São Paulo, que é considerada pelo Comitê Nacional Brasil-Líbano, como a melhor exposição de Gibran já exibida, segundo a Fundação Memorial da América Latina.

A inédita exposição, aberta em Maio, e que vai até o dia 23 de Junho, tem atraído público de outros estados do Brasil, e de outras nacionalidades encontradas em São Paulo. O acervo da mostra é um dos mais valiosos, contendo 52 pinturas, documentos, cartas pessoais, manuscritos, e alguns objetos pessoais, nunca antes exibidos. 

A obra literária de Gibran, líder intelectual, filósofo, poeta, pintor, ensaísta e romancista, alcançou notoriedade em todo o mundo, marcada principalmente pelo seu Best Seller, “O Profeta”, escrito em 1923. Sua obra literária está traduzida em mais de 80 idiomas. Gibran nasceu em 6 de janeiro de 1883, na cidade de Bcharre, ao norte do Líbano, e faleceu em 10 de abril de 1931, em Nova York, onde passou grande tempo de sua vida , tendo sido influenciado pela Bíblia, Nietzsche, e William Blake. O Brasil é o país que abriga o maior número de imigrantes libaneses, cerca de 8 milhões. 

Além da exposição, outras atividades e iniciativas conjuntas, estão sendo realizadas:
- Leitura Dramática de "Um Profeta em Nova Iorque", com texto e direção de Samir Yazbeck.

- Exposição fotográfica alusiva ao tema, nas estações do metrô e trens Metropolitanos, durante o ano.

- Lançamento oficial do selo personalizado, carimbo, cartão postal, e uma coleção de selos, ressaltando os traços libaneses que influenciaram a cultura brasileira, pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

- Lançamento de uma série de bilhetes da Loteria Federal, pela Caixa Econômica Federal, com estampas relativas à efeméride.

- Por solicitação da Associação Cultural Brasil-Líbano, um projeto de lei está sendo sancionado no Senado Federal, que institui o “Dia Nacional de Khalil Gibran no Brasil”. 

“Temporais”, “As ninfas do vale”, “Os deuses da terra”, “Jesus: O filho do homem”, “Asas partidas”, obras mundialmente famosas de Gibran, foram traduzidas para o português, por Mansour Chalita, Presidente da Associação Cultural Internacional Gibran. A coordenação da exposição ficou a cargo de Lody Brais, Presidente da Associação Cultural Brasil-Líbano, com Curadoria de Joseph Geagea - Diretor do Museu Gibran.  

Memorial da América Latina: 
Avenida Auro Soares de Moura Andrade 664, Salão de Atos, Portão 4 - Barra Funda
Entrada Gratuita. 

Silvia Tohmé
GazetadeBeirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário