Christian Louboutin


Fascinado por sapatos desde criança, o designer francês, usou como base de suas primeiras coleções rascunhos de infância feitos em seus cadernos de escola. Aos 15 anos, começou a criar sapatos para dançarinas, e nos anos 80, criou modelos para Christian Dior, Chanel e Yves Saint Laurent, mas desistiu da carreira, decidindo se dedicar ao paisagismo e colaborar com a Vogue. Porém, ele sentiu falta de desenhar sapatos, e anos mais tarde, se associou a amigos abrindo assim, sua primeira loja na França, em 1992. Desde então, suas criações passaram a incorporar as solas vermelhas laqueadas, que se tornaram sua assinatura.

Em Março deste ano, Louboutin enviou um pedido aos EUA de proteção à marca registrada deste exclusivo design vermelho, visto que ele possui a patente do solado vermelho, desde 2008, porém, não sua exclusividade. Geralmente suas criações envolvem laços, penas, couro e outros toques decorativos, semelhantes. Os sapatos Christian Louboutin estão nos pés de todas as estrelas, e são objetos de desejo de nove em cada dez mulheres – sejam elas anônimas ou famosas. Há 20 anos, os sapatos Louboutin são símbolos de poder e sensualidade feminina. Suas características mais reconhecidas, certamente são as indefectíveis solas vermelhas, e os saltos altíssimos, que fizeram do designer uma celebridade mundial.

Sobre as brasileiras, Louboutin disse uma vez, à Revista Istoé: 
As brasileiras são muito diferentes, possuem diversos tons de pele, o que eu acho fascinante. Vocês também andam como se estivessem dançando, por isso usam tão bem os meus sapatos. São sexy, claro, mas com charme, não de uma forma explícita. As brasileiras não têm medo de usar peças mais masculinas, como uma camisa de homem. Também apostam bastante em roupas mais esportivas, reflexo da preocupação que têm com o corpo. E gostam de ousar nas cores. O colorido vibrante do país se reflete na moda das ruas, o que é ótimo. Se você reparar, alguns países são mais dedicados aos homens e outros às mulheres. Quando você pensa no Brasil, logo pensa em mulheres. O humor daí é feminino, ao contrário da Inglaterra, por exemplo, que é mais masculino”.

Dicas do mestre Christian Louboutin para conseguir conforto e elegância sobre um salto 16:

• Esqueça o complexo de pé grande! Ao comprar um sapato ele deve ficar um pouco mais folgado no pé. Como no Brasil não temos meia numeração, se você calça 37, compre um 38 e use uma palmilha fina.

• Não se esqueça que sapatos de couro podem lacear, mas cetim e seda não se alteram. Sapatos de verniz também são menos flexíveis em geral.

• Para não parecer uma "pata" andando com salto alto, diminua a velocidade. É preciso entender e principalmente aceitar que o uso do salto reduz a velocidade do andar.

• Mude constantemente a altura dos saltos para evitar o encurtamento e o endurecimento do tendão de Aquiles. Variar a altura do salto ajuda a trabalhar a musculatura e deixa as pernas ainda mais bonitas.
Andou muito de salto e o pé está um "caco"? Experimente usar a receita das bailarinas: compressas de gelo e cremes refrescantes.

Ao colocar um Louboutin nos pés, a mulher imediatamente toma consciência de sua postura e de seu corpo, o que dá sensação de poder. Sapatos de salto alto exigem isso, esse controle do corpo. É preciso ter consciência da sua postura para andar sobre eles. E, quando a mulher vê sua silhueta melhorada por um par de sapatos de salto alto, ela se sente mais presente e muito mais poderosa”, afirma Louboutin. 




Betty Ziade
Gazeta de Beirute 
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário