Confrontos em Trípoli, reflexos da Síria

Foto-naharnet.com

Segundo a Agência Nacional de notícias, pelo menos 14 pessoas ficaram feridas em confrontos armados em Trípoli, no último domingo. 

Os conflitos começaram entre os moradores de Jabal Mohsen e as áreas vizinhas de al-Amerkan e al-Baqqar, que se espalharam rapidamente para outros bairros. 

"Os sons de metralhadoras e explosões estão ecoando na área”. Relatou a Agência Nacional de Notícias.

A emissora OTV, afirmou que três crianças ficaram feridas, por balas perdidas.

Imediatamente, o Exército em uma tentativa de parar o confronto, se dirigiu ao local, e também entraram no tiroteio, atingindo moradores dos dois bairros.

Horas depois os conflitos diminuíram, no entanto os combates forçaram o fechamento da estrada que liga Trípoli e Akkar e as estradas que levam a Trípoli de al-Zahriyeh.

Nas últimas semanas pelo menos 200 pessoas ficaram feridas, e 31 pessoas morreram.

A luta sectária entre os dois principais bairros de Bab al-Tabbaneh e Jabal Mohsen lembra os tempos da guerra civil, onde pessoas pagaram com suas vidas, por uma luta sectária, que não levou a lugar nenhum.

Trípoli, relembra atualmente bairros da Síria, onde várias casas, lojas, e automóveis foram destruídos. Não há mais segurança e nem paz. Os conflitos sírios se refletiram no país, e combates se tornaram cada vez mais frequentes.

Chadia Kobeissi
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário