Explosão em Jamhour foi causada por míssil

Foto: Mahmoud Kheir

O Exército libanês declarou na última sexta-feira (21), que a explosão ocorrida na estação de energia elétrica de Jamhour, no Alley, sudeste de Beirute, na noite de quinta-feira (20), foi causada pelo lançamento de um míssil na cidade de Ballouneh, em Kesrouan, no Monte Líbano. 

O míssil foi lançado pouco depois da meia noite, e atingiu um cabo de energia elétrica de alta tensão, sem causar danos maiores, ou deixar feridos; mas o som da explosão pôde ser ouvido a quilômetros de distância, e causou várias quedas de energia.   

Especialistas militares conseguiram desativar um segundo míssil antes dele ser detonado, e uma investigação massiva, começou a ser feita em torno das cidades de Jamhour, Araya, Bsous e Kahaleh logo na sequência da explosão. Cerca de quatro cabos foram picados pela explosão, e os estilhaços do míssil foram encontrados em um barranco em Bsous, próximo da área dos cabos de energia. 

Duas plataformas de lançamento de mísseis foram encontradas em Ballouneh, e um deles, possuía um timer, que foi desativado, embora o segundo tenha sido disparado e tenha atingido uma das ravinas entre Jamhour, Bsous e Alley. O alvo dos mísseis (um Grad de 122 mm) ainda não foi identificado, bem como também não se sabe quem são os autores de seu lançamento. 

 Esta não é a primeira vez que um míssil lançado de uma região remota atinge regiões urbanizadas do sul/sudeste do país, no mês passado, outros dois mísseis, foram lançados de Aitat, também no Monte Líbano, em direção à periferia sul de Beirute, ferindo quatro pessoas.

Esses ataques no Líbano, frequentemente responsabilizam o envolvimento do Hezbollah no conflito sírio, porém continuam sendo investigados pelo Exército libanês, para identificar seus autores e alvos.


Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário