Itu


Itu é um município do interior estado de São Paulo, a 100 km da capital, formada por descendentes de imigrantes portugueses, italianos, japoneses, além de migrantes do Nordeste do Brasil e do Paraná.

A cidade é famosa por tudo ser de tamanho exagerado, fama recebida pelo comediante Francisco Flaviano de Almeida, o famoso Simplício, e também por ter sido residência de muitos barões do café, bem como ter exercido papel de grande importância durante a proclamação da república em 1889. O nome da cidade, que posteriormente se tornou Itu, deriva de Utu-Guaçu, que em Tupi significa cachoeira grande. Uma alusão à grande queda d’água, da mesma cachoeira que está no Rio Tietê, e que inspirou também o nome da cidade vizinha, Salto.

A cidade foi fundada em 1610, pelo bandeirante Domingos Fernandes, que construiu uma capela em homenagem à Nossa Senhora da Candelária.  Em 1842, a Vila de Itu foi elevada à categoria de cidade, e no mesmo ano, participou da revolução liberal que eclodiu em todo o país, e reuniu 300 homens, junto à tropa do Brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar. A cidade teve forte participação na política nacional, desde os seus primórdios, destacando-se em 1873, durante a Magna Convenção do Partido Republicano, além de ter tido um grande crescimento econômico, tendo sido a maior produtora de cana de açúcar durante o período imperial, e se destacado também, durante o ciclo do café, que se tornou a principal atividade da cidade até 1935, e atraiu muitos imigrantes para a cidade.  

Em 1869, instalou a primeira fábrica de tecidos de algodão, obtendo um crescimento maior no setor, com o surgimento de outras fábricas instaladas, na década de 50, durante a migração rural em busca de trabalho. Em 1968, após a conclusão da rodovia Castelo Branco, novas empresas se instalaram na cidade, impulsionando assim, o seu crescimento e desenvolvimento, inclusive no setor de turismo, em virtude do inestimável patrimônio histórico, cultural, religioso, ambiental e arquitetônico que a charmosa cidade de Itu possui. 

A Estância Turística oferece diversas atrações para os visitantes, dentre elas:
- Casa Imperial: hospedou diversas vezes a família imperial;
- Cruzeiro de São Francisco: feito em granito rosa pelos franciscanos entre os séculos XVII e XVI;
- Chácara do Rosário/Casa Bandeirista: construída em 1756;
- Espaço Cultural Almeida Júnior: construído por barões, sedia o Museu de Arte Sacra, o  Museu e Arquivo Histórico de Itu, e a Biblioteca Municipal; 
- Fábrica São Luiz: primeira fábrica de tecidos movida a vapor no estado;
- Igrejas no melhor estilo barroco paulista;
- Museu da Energia: fachada de azulejos portugueses, com a história da evolução/distribuição da energia;
- Museu Republicano:  sediou a reunião do Partido Republicano e deu a Itu título de "Berço da República";
- Praça Pe. Miguel/Centro histórico: patrimônio cultural do tempo do Brasil colônia;
- Regimento Deodoro: unidade militar que abriga a igreja de São Luiz Gonzaga, e museu da Artilharia; 
- Famosos e gigantes orelhão e semáforo, situados na praça central, atração turística pela fama de "cidade do exagero", onde tudo é grande;
- Cidade das Crianças: complexo de lazer infantil, lago, minicidade entre outras atrações;
- Fazenda das Pedras: camping, parque aquático, turismo rural, pousada, restaurante e natureza;
- Estrada-Parque: ladeada ao Rio Tietê e floresta da estrada das romarias rumo a Pirapora do Bom Jesus, entre as fazendas, campings, usina hidrelétrica e Gruta da Glória;
- Fazenda Maeda: pesqueiro, camping e jardim japonês;
Faça o turismo gastronômico, e deguste as comidinhas de fazenda e doces deliciosos, além de visitar as lojinhas de souvenires da cidade para comprar presentes inusitados e “gigantes”, como lápis, borracha, tesoura, cotonete, escova de dente, e etc., para amigos e familiares. Vale a pena, você vai se divertir com as coisas que podem ser encontradas à venda, em tamanhos exagerados. 

O Convento Nossa Senhora das Mercês, fundado em 1.825, famoso há mais de 50 anos pelos deliciosos doces feitos pelas freiras, merece destaque pelos seus deliciosos licores. Os doces produzidos em Itu recebiam encomendas até da Corte durante o Império, e as freiras preparavam deliciosos doces em caldas, goiabada, marmelada, geleias, balas de café, pratos feitos com milho e mandioca, e frutas diretamente selecionadas do pomar do convento. Eu não sei se elas ainda preparam os quitutes, mas os licores, com certeza você vai encontrar!

Um destaque especial também para as duas docerias mais deliciosas da cidade, famosas por seus doces e bolos deliciosos: A doceria “A Senzala”, e “Doceria Ottília”. Passei minha infância comendo muita coisa gostosa em todas duas!

Itu ainda abriga a sede do reality show “A Fazenda”, exibido pela Rede Record, e está preparando uma nova atração turística, que consistirá em um trem republicano, com passeio turístico, até a cidade vizinha de Salto, que eu prometo contar sua história numa outra oportunidade.




Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário