Phoenicia Hotel: O sonho de Najib Salha

Foto: Intercontinental Hotels Groups

Na década de 50, a famosa Era do Ouro do Líbano, o proeminente empresário libanês, Najib Salha, sonhava em construir um hotel de nível internacional às margens de Beirute, e para isso, ele fundou o “La Societé dês Grands Hotels Du Liban”, que era composto por um grupo de investidores libaneses, e contratou ainda, o Arquiteto americano, Edward Durell Pedra, para colocar em prática o seu sonho, que 8 anos depois, finalmente era realizado e batizado de Intercontinental Phoenicia Hotel.

O hotel, cuja área exterior era de uma elegância única, e seu interior, majestosamente fabuloso, tornou-se em pouco tempo, o ícone de referência no mundo da hospitalidade. Com 446 luxuosos quartos e suítes, uma grande variedade de lojas, restaurantes e duas piscinas (interior e exterior), o Phoenicia se transformou no destino da elite mundial. 

Sua reputação luxuosa e de alta classe, simplesmente ecoou pelo mundo, atraindo reis, rainhas, lideres mundiais, celebridades, e empresários, que fizeram do hotel a sua residência fora de casa; o que contribuiu significantemente também para o Líbano, que recebeu o título de “Suíça do oriente Médio”.
   
Em virtude da trágica guerra do Líbano, o hotel ficou fechado por anos, até que Mazen e Marwan Salha, Presidente e Membro do Conselho Administrativo do La Societé dês Grands Hotels Du Liban, decidiram reconstruir a graciosa grande dama de Beirute, que após anos, renasceu das cinzas, como uma fênix. 

O Phoenicia reabriu suas portas em 2000, atraindo novamente os ricos e famosos do mundo todo, e resgatando a sua posição hotel de alto nível da região. Isto fez com que Beirute, mais uma vez, se tornasse o destino de escolha dos viajantes do mundo, e incentivou outros hotéis, a se adaptarem dentro dos padrões internacionais, atraindo mais turistas e empresários de alto padrão para o país, porém, a concorrência não alterou as expectativas elevadas do herdeiro icônico, que continua majestosamente no topo das atenções do mundo.   

Mas nem por isso, o Phoenicia deixa de estar, constantemente, aprimorando seus serviços e atendimento, para satisfazer os sofisticados gostos de sua clientela tão exigente. O Hotel frequentemente está passando por melhorias inspiradoras, para não deixar jamais cair sua qualidade em hospedar. 

E para isso designers internacionais estão evoluindo as características do projeto do Phoenicia, colaborando para manter seu patrimônio cultural e artístico, transformando cada espaço do tradicional hotel, em espaços fabulosos, cheios de elegância e glamour de um gigante como o Phoenicia. 

A cada transformação, renovam-se as expectativas formadas, e criam-se novas memórias e oportunidades para continuar construindo a fantástica história, do principal e mais notório hotel do Líbano.
    


Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute 
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário