Rebeldes feridos em Qusayr são atendidos no Líbano

Foto: Now

Aproximadamente 30 combatentes sírios, e cerca de 10 libaneses, feridos em batalha em Al-Qusayr foram levados para o Líbano na manhã do último sábado (8), para serem tratados em hospitais da região de Baalbek, e cidades vizinhas do Bekaa central e ocidental. Dentre os rebeldes, encontrava-se 10 sunitas libaneses, que cruzaram a fronteira para Síria, para se unir a rebelião contra o regime sírio.

 Em Arsal, dezenas de rebeldes feridos, também foram recebidos para tratamento, e as forças de Segurança Interna e as Forças Armadas Libanesas estiveram protegendo os hospitais de Chtaura e o Hospital Farhat, no Bekaa, para que os feridos fossem internados, e pudessem ser tratados. 

Cerca de 8 feridos foram levados para o Hospital de Rashaya, 22  feridos foram encaminhados para o Hospital Farhat, e os 10 sunitas libaneses de Trípoli, também foram trazidos de volta para serem atendidos. Um libanês, também de Trípoli, que foi levado para o Hospital de Rashaya, foi transferido para outro hospital do norte, pelos familiares; na parte da tarde, outros 9 feridos combatentes feridos foram trazidos para diversos hospitais da região, aumentando o numero de feridos para 37.

 As forças pró-regime sírio tomaram a cidade de Qusayr na quarta-feira (5), após um ataque que durou 3 semanas entre as tropas de Bashar apoiados pelos combatentes do Hezbollah, contra os rebeldes. Dezenas de civis chegaram nesta semana em Arsal, cerca de 30 famílias, completamente exaustas, sem absolutamente nada além da roupa do corpo e a pé. Autoridades locais prestaram apenas assistência básica a esses refugiados, por falta de verba.


Claudinha Rahme 
Gazeta de Beirute 
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário