Síria diz que vai respeitar território Libanês


Na última quarta-feira (12), o comando do Exercito da Síria, disse que irá respeitar a integridade territorial libanesa, bem como sua soberania e a segurança de seu povo. A declaração veio horas após o exército sírio ter disparado cerca de 4 mísseis contra a região leste do país, atingindo Nabishit e as aldeias de Sarain, e outros 2 mísseis terem sido lançados, em direção ao centro da cidade de Arsal.

Os mísseis sírios atingiram regiões habitadas, causando vários danos materiais e ferindo várias pessoas, dentre elas, Mohammad Ahmad Breidi, um soldado aposentado do exército; o que levou o exército libanês a emitir um alerta, de que se o exercito sírio não parar de atingir os territórios do Líbano, eles iriam disparar mísseis em direção à Síria, como resposta.

O comando do exército sírio tentou justificar que os mísseis que atingiram Arsal, cidade localizada a apenas 12 km da fronteira com a Síria, visavam atingir um grupo de terroristas armados, que estavam fugindo em direção ao território libanês, e que eles os perseguiram e intensificaram os ataques, na tentativa de alvejá-los, mas acabaram atingindo a cidade libanesa.

O Presidente Michel Sleiman repudiou o ocorrido, afirmando que isso se trata de uma total violação da soberania do Líbano, e que o país tem o direito de tomar medidas para se defender e proteger sua nação, bem como reportar queixas para a ONU e para a Liga Árabe.

Infelizmente, as cidades de Arsal, Hermel, Baalbek e outras, próximas a fronteira com o país vizinho, estão sendo empurradas contra o conflito sírio, seja pelo envolvimento do Hezbollah em apoio a Bashar, seja como canal de contrabando de armas e passagem de rebeldes, ou ainda, como porto seguro para os refugiados sírios, que continuam fugindo do conflito em seu país, em direção ao Líbano. 

Na ultima semana, até combatentes do Hezbollah, e rebeldes sírios feridos da batalha em Qusayr, acabaram recebendo atendimento médico nos hospitais das cidades fronteiriças, e outras do Bekaa e região.

Entretanto, as promessas do comando do exercito sírio, parecem ter ficado apenas na boca, visto que na noite de sexta-feira, novos mísseis foram lançados em território libanês, vindos da Síria.


Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário