Anita Garibaldi


A revolucionária brasileira

Há 191 anos, nascia Anita Garibaldi, em 30 de Agosto de 1821, aquela que recebeu o título de a "Heroína dos Dois Mundos", por ter participado de diversas batalhas, ao lado de seu marido Giuseppe Garibaldi, no Brasil e na Itália.

Anita lutou na Revolução Farroupilha (ou a Guerra dos Farrapos), na Batalha dos Curitibanos e na Batalha de Gianicolo, na Itália. Corajosa e dedicada, Anita foi homenageada em Santa Catarina, onde duas cidades receberam seu nome: “Anita Garibaldi” e “Anitápolis”. Em Salvador, ela foi homenageada com o nome de uma avenida; em Curitiba com o nome de uma praça, e diversas cidades no Brasil levam o nome de Anita em suas ruas.

A notória catarinense de Laguna era filha de Maria Antônia de Jesus, e de Bento da Silva, um modesto casal de comerciantes portugueses, vindos dos Açores, e estabelecidos em Lages. Quando seu pai faleceu, Anita foi obrigada a se casar, aos 14 anos (dia do seu aniversario), com o sapateiro Manuel Duarte de Aguiar, em 30 de Agosto de 1835. O casamento durou apenas três anos, o marido se alistou no exército imperial, e Anita voltou para a casa de sua mãe.

No mesmo ano, desembarca no Rio de Janeiro, o guerrilheiro italiano, Giuseppe Garibaldi, para participar da Revolução Farroupilha (a Guerra dos Farrapos), onde conheceu Anita Ribeiro da Silva, que também lutava na revolução. Ao lado de Garibaldi, Anita participou ativamente do combate em Imbituba/SC e da batalha de Laguna, sua terra natal, onde ela carregou e disparou um canhão.

 Anita foi capturada pelas tropas imperiais, durante a Batalha de Curitibanos; grávida de seu primeiro filho, ela ficou inconformada quando lhe disseram que seu marido havia morrido, e fugiu a cavalo à sua procura, encontrando-o em Vacaria. Em Setembro de 1840, nasceu seu primeiro filho Domênico Menotti, Anita teve depois mais dois filhos: Teresita e Ricciott, e em 1842, casou-se com Garibaldi na Paróquia de San Bernardino, mesmo dia da eclosão da guerra contra a Argentina, onde Garibaldi comandou a frota do Uruguai.

Giuseppe Garibaldi retorna a Itália em 1847, com Anita e seus três filhos; Garibaldi ficou em Roma, onde ocorriam às primeiras manifestações públicas que resultou na luta pela independência da Itália, e Anita seguiu com os filhos para Nice, na França. Após vários combates, Garibaldi viajou para Nice, onde se encontrou com Anita, os filhos, e sua mãe.

Dois anos depois, Anita e Garibaldi retornam juntos para os combates em Roma, onde foram severamente perseguidos. Durante a fuga, próximo à província de Ravenna, Anita contraiu febre tifoide e não resistiu, vindo a morrer em 4 de Agosto, de 1849, aos 28 anos de idade. Em Roma, na Colina de Gianicolo, local onde está enterrado seu corpo, foi erguido um monumento equestre em sua homenagem.

Neste mês de Agosto, é aniversário de nascimento (191 anos), e também de morte (163 anos) de Anita Garibaldi,esta grande e revolucionária
 mulher brasileira.


★ 30/08/1821 - † 04/08/1849

Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário