Israel usou base aérea turca para atacar a Síria

Foto: EPA


No início do mês, na cidade de Latakia, na Síria, foi destruído um arsenal de mísseis no deposito de Latakia, e Israel foi acusado pelo ataque.

A FSA disse que os mísseis foram lançados por um ataque aéreo, ou foram disparados mísseis de longo alcance, de barcos ou submarines, pelo Mediterrâneo. Rebeldes descreveram explosões massivas, afirmando que o poder de fogo ultrapassou a capacidade de armas disponíveis da oposição. 

Eles especulam que o ataque foi feito com o uso de armas militares modernas, como aquelas possuídas por Israel. O Jornal britânico Sunday Times, no entanto afirmou que os ataques foram feitos pelo mar, por submarinos, de acordo com a análise de peritos especializados.

Se forem confirmados, os relatos de que um país muçulmano ajudou Israel num ataque a outro estado muçulmano, a Turquia poderá se encontrar numa posição muito difícil.


O Ministro do Exterior turco, Ahmet Davutoglu, declarou que a Turquia não teve nenhuma relação com o ataque, supostamente, efetuado por Israel, contra um depósito de mísseis na Síria, e que os israelenses não usaram nenhuma base turca para isso. Ele disse ainda, que essas acusações são boatos infundados que visavam manchar a reputação turca, e prejudicar o seu poder, porque a Turquia não irá cooperar em qualquer operação militar com Israel. Os peritos, no entanto, são da opinião que a Turquia continua sendo o principal aliado de Israel na região.


As relações entre a Turquia e Israel foram tensas até Março de 2013, resultado de um incidente com uma flotilha ocorrida há mais de três anos. Em protesto contra a recusa de Israel em pedir desculpas, a Turquia expulsou o Embaixador israelense, e cortou laços militares.

Os dois países concordaram em normalizar suas relações, depois de o Primeiro-Ministro israelense, Benjamin Netanyahu, pediu desculpas ao Primeiro-Ministro turco, Recep Tayyip Erdogan. Ancara tem sido conhecida por sua ajuda aos militantes estrangeiros apoiados, o que lhes permite treinar em território turco, antes de se infiltrarem na Síria.

Fica a questão: Que país árabe, principalmente muçulmano, iria ajudar Israel? Porém, se realmente ajudou, a situação da Turquia ficará realmente crítica!



Therese Mourad

Gazeta de Beirute

Fonte: Radio Voz da Rússia
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário