Quem disse que não neva no Brasil?

Foto: novohamburgo.org (São José dos Ausentes/RS)

Apesar de ser um fenômeno raro num país tropical como o Brasil, a ocorrência de neve se dá com relativa frequência, nos planaltos dos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, em cidades que estão encravadas entre as montanhas, sendo as cidades mais frias do país: São Joaquim, Urubici e São José dos Ausentes, dentre outras cidades que fazem divisa com essas, como: Bom Jesus, Urupema, Bom Jardim da Serra e Cambará do Sul.

Além destes três estados, outros já tiveram registros de precipitação de neve, como: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul, sendo um fenômeno muitíssimo raro nestes últimos estados, mas não impossível. O fenômeno ocorre nos meses de Junho, Julho e Agosto, mas há registros de nevadas precoces ocorridas em Abril de 1999 em São Joaquim/SC, em Maio, e também nevadas tardias, em Setembro, e até mesmo em Outubro, como ocorreu em São Francisco de Paula/RS em 1999, e em 2006.

Em 2000, a neve ocorreu em mais de 70 cidades nos três estados da Região Sul do Brasil, e em 2010, nevou fortemente em 21 municípios das serras catarinense e gaúcha, quando se registrou neve com relativa acumulação. O mesmo já havia ocorrido anteriormente, com abundância, em 1928, 1942, 1955, 1994, 2000 e agora em 2013.

 A mais forte precipitação de neve já registrada no Brasil, ocorreu em Vacaria/RS, em 1879, quando a neve atingiu cerca de 2m. O fenômeno se repetiu em São Joaquim/SC, em 1957, onde a neve atingiu 1,30m, e em Itatiaia/RJ (próximo ao Pico das Agulhas Negras), em 1985, onde a neve atingiu 1metro de altura. Ressaltando que, este tipo de nevasca é algo extremamente raro no Brasil.

Santa Catarina:
Santa Catarina é o lugar que neva com mais frequência, em virtude do seu planalto sul, e às altitudes. O planalto catarinense, e a serra gaúcha, constituem as duas regiões do país, onde a neve ocorre com mais frequência. Porém, no lado Catarinense, é onde se registram as maiores altitudes, e onde neva com maior intensidade e frequência. 

Além das regiões mais altas, alguns fatos raros já ocorreram em regiões mais baixas do estado, como o registro de neve no alto das montanhas mais altas do Morro do Cachorro, em Blumenau em 1984, em 2000, e agora em 2013. Este ano, além do Morro do Macaco, regiões mais baixas da cidade de Blumenau, tiveram registros de neve, e também, em algumas cidades do Vale do Itajaí, da Grande Florianópolis, e outras. 

A neve que caiu nos últimos dias, 22 e 23, foi considerada histórica, e atingiu um terço das cidades catarinenses. O Morro da Igreja, em Urubici/SC, a 1.822 m de altitude, é o ponto mais frio do estado catarinense e do país, lá a temperatura já chegou a -17,8°C, em 1996. São Joaquim/SC é a área urbana que recebe a maior incidência de neve, e o maior número de visitantes da região.

Rio Grande do Sul
No Rio Grande do Sul, as cidades mais atingidas pela neve estão localizadas nas regiões serranas do nordeste do Estado, e onde estão as cidades mais frias do país, com temperaturas frequentemente negativas, como: São José dos Ausentes, Bom Jesus, Vacaria, Cambará do Sul, e São Francisco de Paula; onde neva todos os anos, mas com fraca intensidade. Em 1979, nevou em Bento Gonçalves, e já nevou também, em várias outras cidades serranas, como Caxias do Sul, Canela, Gramado, Garibaldi, e  outras. 

Nas cidades localizadas nos planaltos do noroeste, e cidades das Serras do sudeste do estado, também já houve registros de neve. Historicamente, boa parte do território sul-rio-grandense já registrou alguma precipitação de neve, por menor que tenha sido a intensidade. Mesmo cidades com pouca altitude, como Porto Alegre, onde já ocorreram registros de neve em 1879, 1910, 1984, 1994, 2000 e 2006. 

Paraná
No estado do Paraná, a região de Palmas, no extremo sul do estado, é a região onde o fenômeno ocorre com maior frequência, porém, elas são raras. Em outras cidades paranaenses, o fenômeno ocorre com menor frequência, mas dificilmente elas ficam uma década inteira sem presenciá-lo. É o caso de Guarapuava, General Carneiro, Cascavel, e várias outras cidades, localizadas no sudoeste do estado. Houve registros com frequência bem rara em outras cidades do estado, como Campo Mourão, e Foz do Iguaçu, onde nevou em 1975, e também Curitiba, onde já houve já nevou em 1889, 1892, 1912, 1928, 1943, 1955, 1957, 1963, 1975, 1979, 1981, e agora em 2013. 

São Paulo
No estado de São Paulo, há relatos de neve em Campinas, Botucatu, São Manuel, Itaí, Sorocaba, Itapetininga, Jundiaí, em 1876, e Vargem Grande Paulista, em 1879.  Na Capital, e próximo à cidade de Cunha, nevou em 1918, e em Campos do Jordão nevou em 1928, 1942, 1947 e em 1966. Em 1975, houve registros em Apiaí e Guapiara, e em quase todo o sul do estado (menos no Vale do Ribeira). 

Minas Gerais
O estado de Minas Gerais possui um clima muito seco no inverno, e embora se tenha muitos registros de geadas no sul do estado, não há neve no estado, mesmo com temperaturas negativas. No Pico da Bandeira já nevou em 1911. Em Pedralva, Monte Verde e Itajubá, nevou em 1986. Já se viu flocos de neve, formados por geada, entretanto nunca houve neve partida de precipitações, porém, há um relato de queda de neve em Ouro Preto, em 1843.  

Rio de Janeiro 
Em Itatiaia há registro de neve em 1928, 1970, 1973, 1975, 1985, 1988, 1991, 1994, 1999, 2001, 2004, 2006 e 2012, e em Nova Friburgo nevou no decorrer do século XIX. 

Espírito Santo 
No Espírito Santo é raro nevar, porém, ocorrem algumas precipitações esporádicas no Pico da Bandeira.

Mato Grosso do Sul 
Em 23 de julho de 2013, nevou em Paranhos, cidade situada na porção sul do estado, na pequena faixa do extremo sul, abaixo do Trópico de Capricórnio, cujo último registro a deste ano, ocorreu em 1975. Paranhos se localiza em latitude semelhante à de Guaíra, Campo Mourão e Faxinal do Céu, no Paraná, já no início da zona temperada austral da Terra.




Claudinha Rahme
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário