Snowden interromperá atividades contra os EUA?

Foto: liberty crier

Na última segunda-feira (15), o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse ver sinais de que Edward Snowden, o Ex-Analista da agência de espionagem americana, que se tornou fugitivo por vazar informações, estava mudando de posição, no sentido de parar a atividade política, contra os EUA.
Putin, que anteriormente havia se recusado a entregar Snowden às autoridades norte-americanas, também disse que a situação do Ex-Analista, continua sem solução. 

E ainda acusou os EUA de manterem Edward Snowden bloqueado em território russo: “Eles mesmos assustaram o restante dos países, onde ninguém quer acolhê-lo. Assim, no final das contas, eles mesmos bloquearam Snowden em nosso território”, acrescentou Putin. O mandatário russo disse também: "Eles nos deram esse presente, de Natal. Snowden chegou a nosso território sem convite. Não veio conosco. Voava para outro país. Mas tão logo souberam que ele estava no ar, nossos parceiros americanos bloquearam suas futuras escalas”. Mas assim que surgir a possibilidade de ir a algum lugar, ele, subentende-se, o fará. Afinal de contas, ele quer ir para um lugar de residência permanente. Quer residir em outro país.

O líder russo lembrou a condição que ele mesmo impôs ao fugitivo americano, desde sua chegada ao aeroporto moscovita de Sheremetyevo: Suspender as atividades contra os interesses de Washington. 

"Ele conhece bem a condição para a concessão de asilo político. A julgar por suas últimas declarações, parece que mudou de postura. A situação ainda não se esclareceu totalmente", afirmou Putin, em relação a um primeiro momento, em que Snowden renunciou a solicitar asilo na Rússia, devido à condição imposta pelo chefe do Kremlin. Porém, na última semana, o jovem voltou a manifestar sua intenção de solicitar refúgio no país. Putin acrescentou: "Snowden disse que quer continuar seu trabalho, quer lutar pelos direitos humanos, porque acredita que os EUA violam leis concretas, internacionais, interferem na vida privada, e que o seu objetivo hoje, é lutar contra isso".

Snowden, que se encontra desde 23 de Junho no Aeroporto de Moscou, pediu asilo político a 21 países, e também outros 6 países, que são mantidos em sigilo. Alguns recusaram o asilo, outros ainda não deram uma resposta definitiva, e alguns são favoráveis a recebê-lo.  Na última terça-feira (16), Snowden pediu asilo político provisório à Rússia, de acordo com a declaração do Advogado russo, Anatoli Kutcherena, que está em contato com ele, e que afirmou que o pedido foi enviado às autoridades russas, após uma reunião com Snowden no aeroporto. 

Snowden tem a intenção de pedir asilo político à Rússia, à espera de poder viajar à América Latina, onde Venezuela, Bolívia e Nicarágua se propuseram a acolhê-lo. "Como ele não fala russo, nem conhece a legislação russa, expliquei tudo a ele sobre o status de refugiado, e as leis que o definem, e também o decreto de 1995, sobre o asilo político, e a diretiva governamental, sobre o asilo temporário", disse Kutcherena. 


Therese Mourad
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário