Artistas árabes concorrem em festival de São Paulo


O 18º Festival de Arte Contemporânea SESC Vídeo Brasil, ocorrerá entre 06 de novembro a 02 de fevereiro na capital, e terá entre os participantes da mostra competitiva, a Panoramas do Sul, artistas do mundo árabe.

Entre os concorrentes, que foram selecionados num universo de dois mil projetos, estão Akram Zaatari, Ali Cherri, e Roy Dib, do Líbano, e Mahmoud Khaled, do Egito. Um total de 94 trabalhos em instalações, videoinstalações, desenhos, esculturas, pinturas, livros de artistas e vídeos, foram escolhidos para competir no festival, segundo informações do site da Associação Vídeo Brasil.
“A produção do Oriente Médio é muito importante, o festival tem um engajamento político, e as produções da região, são marcadas atualmente, por esse engajamento”, afirma o Coordenador de Comunicação do “Vídeo Brasil”, Marcio Junji Sono.

O festival tem como foco América Latina, África, Oceania, Leste Europeu, parte da Ásia e Oriente Médio. O objetivo é colocar em evidência regiões que não estão, inteiramente, inseridas nos circuitos de arte, da América do Norte, e da Europa Ocidental.

A proposta “Panoramas do Sul” é a de ser um olhar sobre discursos e proposições, abordando questões estéticas, políticas, sociais e subjetivas, da contemporaneidade e as tensões do mundo em desenvolvimento. De acordo com Sono, a lista com os dez ganhadores do festival será divulgada ao final da primeira semana de exposição.

O primeiro lugar terá prêmio em dinheiro, e os nove demais, ganharão bolsas de residência artística em diferentes partes do mundo. Uma das bolsas é no Instituto Ach Kal Awan, do Líbano. Os trabalhos concorrentes ficarão expostos até 02 de fevereiro de 2014, no Cinesesc, que fica na Rua Augusta, e também no SESC Pompéia. Também haverá encontros e debates com artistas e intelectuais, a partir da exposição.

Normalmente, faz parte do festival, outra grande exposição e a deste ano, no SESC Pompéia, abordará os 30 anos do “Vídeo Brasil”. A associação, é dirigida por Solange Farkas, e trabalha no fomento, difusão e mapeamento da arte contemporânea, além de formar público, e facilitar o intercâmbio entre artistas, curadores e pesquisadores. A programação completa, com as palestras e respectivos artistas, será divulgada, pelo “Vídeo Brasil”, nos próximos dias.



Jeane Satie Abou Nimry
Gazeta de Beirute

Maiores informações: http://site.videobrasil.org.br.
Fonte: Isaura Daniel (Anba)
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário