Ciúmes: Qual é a dose certa?

Ciúme é um estado emocional que é despertado mediante uma percepção de ameaça, que nem sempre é real. 

Simplificadamente, ele tem a função evolutiva de evitar a traição entre os parceiros, e garantir a reprodução e perpetuação da espécie, através do firmamento do compromisso. 

Portanto, sentir ciúmes e ter medo de perder seu amor é normal... Na dose certa!

Quando a dose ultrapassa o permitido, encontramos relacionamentos, e situações dramáticas e conflituosas. 

A essência deste comportamento, de forma extremada, não é amor, e, sim, medo de perder, de ser rejeitado, de não ser valorizado, a pessoa que apresenta este problema se mostra insegura emocionalmente. 

Este ciúme pode virar uma obsessiva busca pela evitação da angústia, surgindo assim, a conduta de controle e posse: o parceiro se torna o sentido de sua vida, por isto a possibilidade, ou ideia, de perda é tão dolorosa.

A carência de amor e afeto pode nos levar a agir de maneira inadequada, e até perigosa, às vezes. O verdadeiro amor consegue unir razão e emoção, envolve escolhas, exige disciplina, envolve crescimento pessoal e do parceiro, e comprometimento com o bem-estar do parceiro.
E qual é a dose certa do ciúme?

Este sentimento é saudável quando não prejudica as diversas áreas da vida: familiar, trabalho, pessoal, e até saúde. E também quando é usado para preservar o limite do parceiro dentro de uma relação, mostra o cuidado e preocupação com o parceiro, delineia e estabelece parâmetros da relação.

Se você se sente rejeitado, é importante em muitos casos, procurar a ajuda psicológica, para obter um maior autoconhecimento e autoestima. Às vezes o problema está dentro de nós, e os maiores inimigos, somos nós mesmos!


Giselle Dechen - Terapia Online
www.giselledechen.com.br 
Gazeta de Beirute
Share on Google Plus

About beirut lebanon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comments:

Postar um comentário