Começou a conspiração contra o Papa Francisco - Gazeta de Beirute
O PORTAL SEMANAL DE NOTÍCIAS DO LÍBANO PARA A COMUNIDADE BRASILEIRA NOTICIAS DO LIBANO, NOTÍCIAS DO LIBANO EM PORTUGUES- Brasileiros no Libano

smileÚltimas notícias :Exército da Síria retoma estrada para retirada de armas químicas  veja mais...smileInternet e ligações telefônicas são cortadas na Síria  veja mais...smileAlto comandante do Hezbollah morre em combate na Síria  veja mais...smile

Começou a conspiração contra o Papa Francisco

Rumores que circulam na comunidade de inteligência em Roma, indicariam que os setores conservadores radicais da Igreja Católica Romana, lançaram duras críticas e ataques brutais, contra o Papa Francisco, através da mídia e sites de redes sociais por sua atitude de reformador da Igreja.

Entre os argumentos apresentados, como exemplo, pelos católicos radicais 
conservadores estão:

- O Papa Francisco violou a tradição do Vaticano, ao realizar a cerimônia do Lava-Pés, na quinta-feira santa, fora do perímetro do Vaticano, dentro da prisão de menores, “Casa de Mármore”; incluindo quatro pessoas não católicas no ritual: 2 mulheres e 2 muçulmanos. Marginalizando assim, os mais altos cargos do Vaticano.

Para os conservadores, este é um ato sem precedentes na história e na tradição dos rígidos rituais da Igreja Romana, que ao longo dos séculos, desde a sua fundação, marginaliza e não considera a mulher. Os conservadores teriam visto com horror o “sacrilégio”, do sorridente Papa Francisco, a quem nos comentários internos, seria tratado por um termo pejorativo, que designa quem está sempre rindo, e se dá bem com todos, indiscriminadamente.

- A recusa do Papa Francisco de morar no apartamento papal no palácio do Vaticano, decidindo (para sua segurança pessoal), residir na Residência Santa Marta (o hotel quatro estrelas do Vaticano), onde há muitas pessoas, e assim, se afastar do isolamento que cerca um Papa, quando este reside no Palácio Vaticano. 

O Papa Francisco quer estar ciente do que ocorre ao seu redor, fora dos muros vaticanos. No apartamento papal, ele estaria restrito, vigiado, controlado, supervisionado, e acima de tudo, desinformado; e completamente à mercê das “hienas do Vaticano”, que já planejariam extirpá-lo de seu meio.

- No almoço em Castel Gandolfo, quando se reuniu com Bento XVI , este teria confidenciado ao Papa Francisco, que entre as causas que contribuíram para a sua renúncia, estariam às ameaças que ele recebeu, e do seu medo de ser envenenado, pois já teriam decidido pelo seu assassinato. Ao anunciar a sua renúncia, tornando-a pública, Bento XVI, teria desmontado a suposta operação para matá-lo.

- A cúpula encastelada no Vaticano, se opõe completamente, aos planos do Papa Francisco de reformar, eliminar a pompa, modificar o ritualismo, o luxo e a ostentação da Igreja Católica Romana. 

- A Cúria Romana, e o poder, condenariam o apelo público feito pelo Papa à Igreja Católica, para reforçar o diálogo, e as relações com o Islã. Ele seria acusado de ser um teologista relativista.

- O Papa Francisco também foi acusado de ignorar as regras, e as normas da Igreja Católica Romana, porque, como Papa, ele age sem fazer consultas, ou pedir permissão à ninguém, para abrir exceções às regras eclesiásticas, que se referem à ele.

-  A organização Opus Dei vetou, em todas as suas livrarias, a venda do primeiro livro sobre o Papa Francisco, intitulado “Troa”.

- A Promotoria Romana Anti Corrupção fez apreensão significativa, de centenas de caixas de documentos que comprometem, e envolvem as finanças do Vaticano, e pessoas importantes, à máfia italiana, além de gigantescas operações de lavagem de dinheiro, e desvio de fundos do Vaticano, em um mecanismo complicado para fazer desaparecer o dinheiro.

Este escândalo poderia ser o “Sansão”, que derrubaria as colunas que sustentam a Catedral de São Pedro, e todos os edifícios opulentos, da luxuosa estrutura do Vaticano.

- A Opus Dei, a Maçonaria Illuminati, importantes e influentes setores bancários, econômicos, setores mafiosos italianos, e os próprios cardeais, que formam “a máfia e o poder do Vaticano”, estariam em perigo iminente, com o confisco dessas caixas de documentos, altamente comprometedores, por parte da Promotoria Romana Anti Corrupção. A intenção do Papa Francisco de limpar e colocar ordem nas finanças do Vaticano, e em todos os negócios, e empresas de investimento, deste Estado religioso bilionário também se sentem ameaçados.

- O fato do Papa Francisco não concordar que os infratores de batina se refugiem na área do Vaticano, para se esconder e se evadir de enfrentar a lei, também enfureceu os grupos de retaguarda do poder. O Papa já emitiu instruções dizendo que quem tenha processos pendentes ou acusações criminais, que deixe o solo do Vaticano, porque em seu pontificado, o Vaticano não será santuário de infratores da lei.


Silvia Tohmé
Gazeta de Beirute

Fonte: La Noticia
Share on :

1 comments:

Postar um comentário

Foto Da Semana

 
Creative Commons License © Copyright 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all Subscribe via email Gazeta de Beirute